Governo Federal divulga relação de municípios beneficiados com o Bolsa Estiagem; Cidades do Cariri estão na lista



Cerca de 78 mil agricultores familiares dos 195 municípios paraibanos em estado de emergência serão beneficiados, desde a ultima quarta-feira (18), com o Bolsa Estiagem do Governo Federal. Cada família beneficiada receberá, até o mês de novembro, R$ 400 divididos em cinco parcelas mensais de R$ 80, de acordo com o último número do Cartão Cidadão.

De acordo com Giucélia Figueiredo, delegada federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) na Paraíba, os beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) que tiverem direito a mais esse benefício serão comunicados via extrato e receberão os dois benefícios ao mesmo tempo. Os demais beneficiários receberão com o cartão cidadão, nos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal, de acordo com o calendário do PBF.

“A liberação desses recursos emergenciais vem reafirmar, mais uma vez, o compromisso da presidente Dilma em fazer com que os benefícios que visam amenizar os efeitos da estiagem para o pequeno agricultor cheguem na época certa”, afirmou Giucélia Figueiredo.

No estado, 85 municípios foram beneficiados, são eles: Água Branca, Aguiar, Aparecida, Areia de Baraúnas, Assunção, Belém do Brejo do Cruz, Bernardino Batista, Boa Ventura, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Areia, Cajazeiras, Cajazeirinhas, Carrapateira, Catingueira, Catolé do Rocha, Conceição, Condado, Coremas, Curral Velho, Desterro, Diamante, Emas, Ibiara, Igaracy, Imaculada, Itaporanga, Jericó, Jurú, Lastro, Livramento, Mãe D’Água, Malta, Manaíra, Marizópolis, Maturéia, Monte Horebe, Nazarezinho, Nova Olinda, Olha D’Água, Passagem, Patos, Paulista, Pedra Branca, Piancó, Poço Dantas, Poço de José de Moura, Pombal, Princesa Isabel, Quixaba, Riacho dos Cavalos, Salgadinho, Santa Cruz, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Terezinha, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes, Santarém (Joca Claudino), São Bentinho, São Bento, São Domingos de Pombal, São Francisco, São João do Rio do Peixe, São José da Lagoa Tapada, São José de Espinharas, São José de Piranhas, São José de Princesa, São José do Bonfim, São José do Brejo do Cruz, São Mamede, Serra Grande, Sousa, Taperoá, Tavares, Teixeira, Triunfo, Uiraúna, Várzea, Vieirópolis e Vista Serrana.

Requisitos

Para ter direito à Bolsa Estiagem ou Auxílio Emergencial, a família deve atender os seguintes requisitos: residir em município em situação de emergência ou estado de calamidade pública, reconhecido pelo Poder Executivo Federal entre janeiro e outubro de 2012; ser agricultor familiar com Declaração de Aptidão ao Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) – DAP; possuir renda mensal média de até dois salários mínimos; estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e não ter aderido ao Garantia Safra 2011/2012.

O Cartão Cidadão dos que ainda não são atendidos por benefícios federais será enviado ao endereço cadastrado na DAP, para efetuar os saques nos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal. Caso não tenha recebido o cartão, o cidadão deve entrar em contato com a agência mais próxima. Se cumprir todos os requisitos, possua algum cartão de benefício do Governo Federal e seu nome não constar na folha de pagamento junto à Caixa, o cidadão deve verificar e atualizar seu cadastro no Cadastro Único para Programas Sociais e/ou verificar a situação da sua DAP.

Cabe ao MDA gerar a lista de famílias com perfil para receberem o Bolsa Estiagem nos municípios em estado de calamidade pública ou situação de emergência identificados pelo Ministério da Integração e enviar a relação ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para o cruzamento com a base de dados do Cadastro Único e a Folha de Pagamentos do Programa Bolsa Família.

O MDA também é responsável pela seleção das famílias que serão beneficiadas pelo auxílio e pela criação da folha de pagamentos. “Colocamos toda a equipe do MDA à disposição das Prefeituras Municipais para que os gestores possam tirar quaisquer dúvidas sobre a liberação deste auxílio emergencial”, disse Giucélia Figueiredo.

Com Pb Agora

tw1.png

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s