Maranhão aposta na manutenção da aliança entre RC e Cássio, e justifica


O presidente estadual do PMDB, diferente do que vinha afirmando nas suas últimas entrevistas, não acredita mais em um rompimento entro do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB). Em entrevista nesta sexta-feira (24), o peemedebista enumerou alguns fatores que impendem o tucano de deixar a aliança com o socialista.

“Cássio está renovando a cada dia a solidariedade a Ricardo Coutinho. Afinal de contas, ele está incrustado no Governo do Estado com seis secretarias. Fica difícil a ele se reposicionar com essa clientela política tão vasta”, argumentou. De acordo com José Maranhão, se o tucano tem algum motivo para romper relacionamento com o governador, só Cássio cabe a Cássio dizer qual é. No entanto, o peemedebista disse que, na prática, não ver nenhum fato concreto que o faça acreditar em racha entre os dois aliados.

Racha interno – Ainda durante entrevista, Maranhão disse que também não acredita em saída do seu sobrinho, Benjamim Maranhão do PMDB.

“Eu acho que isso não vai acontecer, pois, Benjamim é de uma família que tem tradição peemedebista. Uma saída dele seria extremamente prejudicial para a vida pública dele deixar o partido inopinadamente”, afirmou.

Roberto Targino – MaisPB

Sucessora de Bruna Surfistinha exibe suas 15 tatuagens no Paparazzo


Lola Benvenutti posa para o Paparazzo na praia de Itacoatiara, em Niterói, Rio de Janeiro (Foto: Alexandre Campbell/ Paparazzo)

A praia de Itacoatiara, na cidade de Niterói, região metropolitana do Rio, foi o cenário escolhido para o ensaio de Lola Benvenutti, codinome de Gabriela Natália Silva, de 21 anos, apontada como a sucessora de Bruna Surfistina, para o Paparazzo. Logo que chegou, a paulista natural de Pirassununga foi logo se surpreendendo com a vista. "Que lindo aqui. Estou até revendo meu conceito de não gostar de praia", brincou (abaixo, assinantes conferem vídeo exclusivo).

Assinado pelo fotógrafo Fernando Schlaepfer, o ensaio teve como tema as pin-ups. "Meu estilo tem muitas referências delas. Adora a Bettie Page", contou. Insegura nos primeiros cliques, Lola foi se soltando ao longo de ensaio e curtindo seu dia de "diva".

"Não me acho fotogênica e estava muito preocupada, mas estou adorando e me sentindo muito confiante com toda a equipe", disse, lembrando o momento que recebeu o convite para fazer as fotos: "Choquei, até porque a maioria das meninas é gostosona, com silicone. Mas acho legal, porque desconstrói esse padrão, de que a beleza é só aquela constituída socialmente".
Making of Lola Benvenutti (Foto: Alexandre Campbell/ Paparazzo)
Lola exibe suas tattoos e muito mais
(Foto: Alexandre Campbell/ Paparazzo)

Sem silicone nem cirurgias pláticas, Lola tem o corpo desenhadado por 15 tatuagens. "Só não gosto da primeira que fiz: uma águia enorme da Harley Davidson no bumbum".

Nos dois braços, a garota de programa tatuou a data de nascimento dos pais e frases de Guimarães Rosa e Manuel Bandeira, acompanhadas por muitos sapatos, "símbolo do poder feminino", e uma caveira, "símbolo da igualdade".

2594302.jpg

Ego

Pai fica revoltado e espanca filha de 13 com uma vara


Fato aconteceu na cidade de Ibiara no Sertão do Estado; menina de 13 anos ficou bastante ferida após surra.

Revoltado com a filha por não ter ido deixar água para ele no roçado, o agricultor Luiz Romualdo da Silva, de 36 anos, que vive com a família no sítio Angicos, município de Boa Ventura, espancou violentamente a adolescente, que tem apenas 13 anos. O fato ocorreu no final da manhã dessa quarta-feira, 21.

A estudante foi espancada com uma vara de cerca, segundo testemunhas e a própria vítima. A menina, que teve hematomas no pescoço e nas costas, revelou também que não é a primeira vez que apanha do pai e que a mãe nunca denunciou as agressões temendo represália.

Acionada, a Polícia Militar foi até o local e prendeu o homem, que foi conduzido à delegacia de Itaporanga. Ele admitiu ter agredido a filha, mas negou que tivesse sido com uma vara. Autuado em flagrante por violência doméstica pelo delegado Joáis Marques, Luiz Romualdo está recolhido à cadeia de Itaporanga.

Segundo o delegado, o crime é afiançável, mas ele preferiu não arbitrar fiança pelas circunstâncias do caso. Conforme dr. Joáis, se o homem voltasse para casa poderia haver risco à integridade física da vítima, sendo preferível, de acordo com o delegado, que a Justiça decida o que fazer.

Com Folha do Vali

Homem estupra jovem ‘para ensiná-la a gostar de homem’ e é linchado por estudantes



Estuprador do ônibus: informações sobre o criminoso devem ser passadas ao Disque-Denúncia, pelo telefone (21) 2253-1177
Estuprador do ônibus: informações sobre o criminoso devem ser passadas ao Disque-Denúncia, pelo telefone (21) 2253-1177 – Divulgação/Polícia Civil

O aluno da Uerj acusado de ter estuprado uma universitária no estacionamento do campus da universidade, na noite do dia 11 de maio, foi linchado por outros estudantes após o crime, segundo o reitor Ricardo Vieiralves. O estupro e o linchamento aconteceram durante uma festa de recepção de calouros, no campus do Maracanã – o principal da universidade. Segundo testemunhas, a vítima se envolveu com o agressor durante a comemoração e, depois, ficou com uma moça, o que teria motivado a ira do estudante.

De acordo com os relatos, depois de ter visto a jovem com outra mulher, o agressor seguiu a vítima e a estuprou no estacionamento da universidade. No momento da violação, ele teria dito que a jovem "aprenderia a gostar de homem". Em nota divulgada na manhã desta sexta-feira, a Reitoria da Universidade informou a decisão de “suspender o estudante acusado do estupro até a apuração do fato”. Se comprovada a autoria do crime, ele "será desligado sumariamente da universidade”, diz uma nota emitida pela Uerj.

A universidade instaurou uma sindicância para apurar os dois crimes. Uma comissão formada exclusivamente por mulheres terá que apresentar uma conclusão em 30 dias.

Na esfera criminal, o estupro está sendo investigado pela 18º DP (Praça da Bandeira), que ouviu testemunhas e pretende chamar a vítima e o acusado de ter praticado o estupro para prestarem depoimento. O delegado Fábio Barucke não quis comentar o caso, mas informou que solicitou imagens das câmeras de segurança do campus, do estacionamento e de áreas próximas para tentar identificar o criminoso.

Com a notícia do estupro e do linchamento, a universidade proibiu a realização de festas no campus, assim como a do uso de bebidas alcoólicas. Em nota, Ricardo Vieiralves afirma que a “Uerj manifesta sua profunda tristeza e pesar” pelos “atos de barbárie cometidos por estudantes da Uerj”. E concluiu, afirmando que “atos de violência contra mulheres, linchamentos, racismo e homofobia não são toleráveis nem podem ter qualquer espécie de complacência ou de justificativa”.

O caso é o mais recente de uma sequência de crimes sexuais que tem assustado os cariocas. Entre os estupros ocorridos no Rio, está o da estudante americana violentada oito vezes dentro de uma van, por três homens, no dia 30 de março. No dia 17 de abril, uma garota de 14 anos foi estuprada no Leblon, na Zona Sul, no fim da tarde. Em 3 de maio, uma mulher foi estuprada dentro de um ônibus que atravessava a avenida Brasil, uma das principais vias expressas do Rio de Janeiro. A mulher foi estuprada, diante dos demais passageiros, com uma arma dentro de sua boca.

Veja

Alunos explodem vaso de banheiro em escola pública de João Pessoa



Vaso explodido do EPUL

Uma bomba caseira explodiu dentro do banheiro da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professora Úrsula Lianza ( EPUL), localizada no bairro Tambiá, em João Pessoa. A gerente da 1ª Regional de Ensino, professora Wleica Aragão, confirmou a explosão afirmando que os alunos suspeitos pelo crime foram identificados e, por serem menores de idade, os pais foram notificados. O caso ocorreu na última terça-feira (21), mas o assunto ganhou destaque nesta sexta-feira (24).

“Três deles foram apontados pelos alunos como os responsáveis pelo ato de vandalismo. Os pais foram notificados e vão comparecer na próxima segunda-feira (27), na escola para uma reunião com a direção”, comentou Aragão.

A explosão estourou o vaso sanitário e outros equipamentos, mas não deixou feridos. Fotos dos destroços foram compartilhadas pela rede social Facebook, onde alunos da escola justificaram o ato de vandalismo por represália à direção que, segundo eles, não realiza melhorias na unidade há meses.

Ainda nas redes sociais, os estudantes denunciaram problemas estruturais da escola, falta de merenda e deficiência no quadro de professores.

A gerente garantiu que as reivindicações dos alunos são infundadas, tendo em vista, que a escola está funcionando com boas instalações. “A escola teve um problema com uma professora de português que pediu afastamento da escola e se ausentou por uns dias. Mas, entramos em contato com ela e a docente já retornou para a unidade, que funciona em tempo integral. Servimos boa alimentação aos alunos e nossas estruturas não apresentam anormalidades”.

Portal Correio

NESTA SEXTA: ônibus da São José tomba e deixa 11 pessoas feridas em Lagoa de Roça/PB



No final da manhã desta sexta-feira (24), um ônibus da Empresa São José tombou na rodovia BR-104, no trecho que liga São Sebastião de Lagoa de Roça e Esperança no Agreste do estado. O acidente deixou 11 pessoas feridas.

O condutor do veículo relatou que estava chovendo bastante no momento do acidente, o que diminuiu sua visibilidade, e ele acabou batendo no canteiro da estrada, fazendo o ônibus virar.

As 11 vítimas sofreram ferimentos leves e foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. O ônibus fazia o caminho de Esperança para Campina Grande e tombou quando passava por São Sebastião de Lagoa de Roça.

As informações e as fotos são do Blog do Márcio Rangel

Governo vai entregar equipamentos a cidades do Semiárido atingidas pela seca



Distribuição das máquinas faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento

O governo federal decidiu estender aos municípios do Semiárido com mais de 50 mil habitantes, afetados pela seca, a distribuição de máquinas necessárias à construção e à manutenção de barragens e sistemas de drenagem.

Além disso, o governo federal promete um esforço concentrado para entregar, em até 60 dias, os equipamentos que, pelo cronograma anterior, seriam entregues ao longo de todo o ano. Todas as cidades da região serão beneficiadas.

A proposta, segundo o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, é distribuir 705 retroescavadeiras e 1.334 motoniveladoras para 1.415 localidades nesses dois meses.

Nesta sexta-feira (24), o ministro anuncia, em Fortaleza, a relação das primeiras 72 cidades cearenses que receberão as primeiras 38 retroescavadeiras e 34 motoniveladoras nos próximos dias.

A intenção, contudo, é entregar 4.962 máquinas. Receberão os equipamentos parte das cidades do Semiárido e também as que integram a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste) e que decretaram situação de emergência devido à falta de chuvas.

A distribuição das máquinas faz parte do chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Equipamentos, incluído na segunda fase do PAC, com previsão de investimento de R$ 5 bilhões para beneficiar 5.085 localidades de todo o Brasil. Até então, o programa beneficiava apenas os municípios com até 50 mil habitantes. Foram entregues retroescavadeiras, motoniveladoras, caminhões-caçamba, caminhões-pipa e pás-carregadeiras.

— Estamos acelerando a entrega das máquinas para os municípios da região do Semiárido por causa da seca. Até o final de julho, todos os municípios do Semiárido em situação de emergência terão recebido as retroescavadeiras e as motoniveladoras. E estamos fazendo a contratação emergencial para a aquisição de pás-carregadeiras, caminhões-caçamba e caminhões-pipa, ultimando a indústria para ver se ela consegue entregá-los o mais rapidamente possível.

A distribuição das máquinas é uma das maneiras encontradas pelo governo federal para apoiar as prefeituras a combater os efeitos da seca.

— O governo tem um conjunto de medidas, desde obras como a construção de grandes barragens, adutoras e aberturas de poços, até a oferta de linhas de crédito especial para atender aos agricultores, ao comércio, à indústria. Já temos quase 1 milhão de agricultores recebendo o Garantia Safra e cerca de 1,1 milhão recebendo o Bolsa Estiagem.

O Semiárido brasileiro abrange 1.135 cidades da Bahia, de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, do Rio Grande do Norte, da Paraíba, do Ceará, do Piauí e também do norte de Minas Gerais. Estende-se por uma área superior a 900 mil quilômetros quadrados e, segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia, abriga mais de 23 milhões de pessoas, muitas delas em situação de extrema pobreza.

R7

PMDB ingressa no TRE-PB com Ação contra Ricardo Coutinho por propaganda eleitoral antecipada


Segundo a denúncia, governador teria utilizado cadeia de rádios comandada pela Tabajara


Ação tem como alvo o programa “Fala Paraíba”, transmitido pela Rádio Tabajara (Crédito: Assessoria)

O Diretório Estadual do PMDB ingressou nesta quinta-feira (23) com Representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) contra o Governador Ricardo Coutinho por Propaganda Eleitoral Extemporânea. Na Ação, o partido denuncia o uso de uma cadeia de emissoras de rádio, financiada com recursos públicos, comandada pela Rádio Tabajara, emissora oficial do Estado, para propaganda eleitoral fora de época.

Na representação, que tem ao todo 60 páginas e é assinada pelo advogado Luciano José Nóbrega Pires são citados, além do governador e da Rádio Tabajara, a superintendente da emissora, Maria Eduarda Santos; os jornalistas Célio Alves e Fernando Caldeira e os deputados estaduais governistas Tião Gomes e Lindolfo Pires.

Segundo a Ação, o programa “Fala Paraíba”, veiculado de terça a sexta-feira, das 12h às 14h, “produzido pela Autarquia Estadual Rádio Tabajara – Superintendência de Rádiodifusão, por meio das emissoras Tabajara AM e Tabajara FM, em conexão com mais de duas dezenas de emissoras de rádio do Estado da Paraíba, tem sido utilizado para promover propaganda eleitoral antecipada do representado Ricardo Vieira Coutinho, notório candidato à reeleição”.

A ação traz, em anexo, degravações de várias edições do programa, veiculadas este ano, em que os apresentadores e/ou entrevistados – notadamente aliados políticos do governador – fazem alusão à sua atuação política e à sua reeleição, propagando a propaganda antecipada numa cadeira de emissoras comandada por uma autarquia estadual (Rádio Tabajara) e, evidentemente, financiada com dinheiro público.

Propaganda paga com dinheiro público – “Trata-se de programa com concepção puramente política, custeado, o que é mais grave, pelo erário. Os apresentadores, por sua vez, são agentes públicos, eis que detentores de cargo, emprego ou função em órgão da administração pública indireta”, diz a Ação.

Luciano Pires lembra, na ação, que a legislação estabeleceu o dia 5 de julho deste ano para o exercício da propaganda eleitoral. Entretanto, de acordo com o teor da Ação, os programas veiculados na Rádio Tabajara em mais de vinte emissoras de rádio da cadeia estadual “revelam, irrefutavelmente, a configuração de propaganda eleitoral prematura”.

Punição

Na Ação, o advogado Luciano Pires diz que, pelos trechos apresentados, fica clara a exaltação às adesões dos prefeitos ao projeto de reeleição do governador, com menção efetiva à sua condição de candidato á reeleição. Ele pede a notificação dos citados e que, após ouvir o Procurador Regional Eleitoral, a Ação seja acatada, aplicando aos representados a pena de multa prevista no art. 36, parágrafo 3.º, da Lei n.º 9.504/97.

E, “considerando que a transgressão se deu com a utilização de bens e serviços públicos, o valor de produção e a quantia paga às emissoras privadas que transmitiram o programa em cadeia, a necessidade de preservação do interesse público violado, seja aplicada a pena pecuniária no valor máximo aos agentes públicos e, com relação aos representados Tião Gomes e Lindolfo Pires, proporcional a intensidade e a efetiva colaboração na consumação da conduta indigitada”.

Assessoria
WSCOM Online

Paraibanos morrem depois de grave acidente em rodovia do Ceará



Vítima bateu em caminhão e morreu no local

Dois acidentes graves foram registrados nessa quinta-feira (23) em rodovias do Ceará e da Paraíba, deixando um saldo de dois mortos e quatro feridos.

O primeiro deles ocorreu no começo da tarde numa curva no km 378 da BR-116, em Milagres (CE). Um veículo Gol preto com placas de Sousa (PB) conduzido pelo paraibanio Francisco Abrantes de Paula, de 57 anos, bateu em um caminhão Mercedez Benz com placas de Curitiba (PR), dirigido por Benedito Roberto dos Santos, de 34 anos.

Francisco morreu no local. No banco do carona, a esposa dele, Maria Gorete de Oliveira Abrantes, que estava grávida de seis meses, também teve morte imediata. No banco de trás, estava o filho do motorista, Roberto Abrantes de Paula, de 26 anos, que foi socorrido para o Hospital Geral de Brejo Santo (CE) com fraturas nos braços e pernas.

De acordo com informações do perito criminal, Raimundo Pequeno, chovia muito na hora do acidente; o condutor do Gol teria invadido a contramão e acabou batendo no caminhão, cujo motorista ainda tentou desviar; a hipótese parte das marcas de frenagem deixadas na estrada.

A vítima dirigia no sentido Sousa (PB) – Juazeiro (BA), enquanto o motorista da carreta vinha da região Sul do país em direção à Fortaleza (CE) e não fugiu do local; ele foi à delegacia de Brejo Santo (CE) prestar depoimento sobre o acidente.

Foto: Vítima bateu em caminhão e morreu no local
Créditos: Folha do Sertão

Já na cidade de Boa Ventura, três menores e uma adulta que estavam em duas motocicletas perderam o controle dos veículos e caíram na rodovia que liga Boa Ventura à Diamante, também na tarde de quinta-feira (23). Essas cidades ficam localizadas na região de Itaporanga, Vale do Piancó.

A polícia militar foi acionada, mas apenas as adolescentes ficaram no local e só saíram depois que foram socorridas pelo Samu. Uma delas foi levada para o Hospital Regional de Patos, com ferimentos graves.

A PM informa que apenas duas garotas usavam capacete, a adulta não tinha carteira de habilitação e que há a hipótese de que as meninas estivessem alcoolizadas.

Uma das motos foi levada pelas autoridades para o destacamento de polícia em Boa Ventura.

Foto: Folha do Sertão
Créditos: Boa Ventura Online
Portal Correio

NO CARIRI: Agricultor tenta estuprar esposa de seu sobrinho e é preso em flagrante



Uma suposta tentativa de estupro levou a prisão em flagrante do agricultor Heleno Ermínio da Silva, de 68 anos, na zona rural de São José dos Cordeiros. Ele é acusado de tentar estuprar a esposa de seu sobrinho de nome Helen Veloso da Silva, de 30 anos, que mora na comunidade de Serra Pelada, divisa de São José dos Cordeiros com Livramento.

Segundo informações do delegado Dr. Rodrigo Monteiro, a vítima procurou na manhã desta quinta-feira (23) a Delegacia de Polícia e informou que na noite da quarta-feira (22), por volta das 23h30, estava sozinha em casa e ao se dirigir ao terraço para fazer necessidades íntimas foi surpreendida com o acusado que a agarrou por trás e com uma faca a ameaçou caso ela não aceitasse fazer relações sexuais com ele.

A polícia foi a procura do acusado e o encontrou em casa. A vítima disse que ele tinha pegado em seus seios e de fato o exame detectou algumas marcas. Helen informou ainda que conseguiu mordê-lo no braço, se soltar e fugir e de acordo com um exame no acusado, ele também apresentava sinais de mordida.

Heleno Ermínio foi preso em flagrante pelo delegado Dr. Rodrigo Monteiro e pelos agentes Glaydson e Zé de Leidson. Na delegacia, ele contou que de fato esteve na casa da vítima, mas para cobrar uma dívida. A polícia agora irá investigar as hipóteses, mas dado o flagrante e a confirmação do exame, Heleno foi preso e autuado pelo Art. 213 de estupro.

De Olho no Cariri

MAIS UM PREFEITO DO PMDB PARAIBANO DECLARA APOIO AO PROJETO 2014 DA REELEIÇÃO DE RICARDO COUTINHO



O prefeito de Capim, Edvaldo Freire (PMDB), declarou apoio ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Edvaldo foi recebido pelo governador na tarde desta quinta-feira (23), na Granja Santana.

Edvaldo Freire é o 48º prefeito, que havia votado no candidato José Maranhão em 2010, a se incorporar a base aliada do atual governador nos municípios. O prefeito de Capim esteve acompanhado do secretário de Finanças, Fábio Carvalho, do secretário de Articulação dos Municípios, deputado estadual Manoel Ludgério e do secretário executivo de Articulação Municipal, Dênis Soares.

De acordo com o prefeito Edvaldo Freire, o governador Ricardo Coutinho vem conquistando a simpatia dos prefeitos por se reunir com todos independente da posição partidária e focando obras e ações que beneficiem os munícipes.

“Vim aqui dizer a Ricardo que quero me incorporar ao seu projeto de reeleição em reconhecimento ao trabalho do governo em todas as regiões, a exemplo do Vale do Mamanguape, com a construção de um hospital regional, casas populares e investimentos na educação. Tenho certeza que a população da região esperava por isso e irá apoiar a decisão do nosso grupo político”, completou o prefeito.

Capim é um município localizado na microrregião do Litoral Norte. De acordo com o IBGE no ano de 2010 sua população era estimada em 5.601 habitantes. A emancipação ocorreu em 27 de dezembro de 1996, e o município foi instalado em 1º de janeiro de 1997.

PolíticaPB

Romário cobra CPI e ataca CBF: “Confederação Brasileira de Falcatruas”


Romário pediu instalação imediata de CPI contra a CBF. (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

O deputado federal Romário (PSB-RJ) discursou nessa quinta-feira na tribuna do plenário da Câmara dos Deputados pedindo a imediata instalação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar as transações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"A sigla da CBF poderia ser substituída por Confederação Brasileira de Falcatruas", disse o deputado, depois de relembrar inúmeras denúncias contra a entidade, dentre elas a de que o dinheiro de patrocínio da TAM não ia para os cofres da entidade e sim para a conta particular de Wagner Abrahão, dono do Grupo Águia e grande amigo de Ricardo Teixeira, ex-presidente da entidade.

Romário apelou ao presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), com o argumento de que uma CPI para investigar a CBF não iria manchar a mensagem do País. Para ele, a instalação da comissão parlamentar passaria a imagem ao exterior de "zelo com o nosso futebol".

O deputado aproveitou para reiterar as acusações sobre o "doping clandestino" da Federação Paulista de Futebol (FPF). Apesar dos indícios de irregularidades na CBF, há um consenso na base governista de que uma investigação parlamentar com uma lupa em cima da CBF a pouco mais de um ano para a Copa do Mundo de 2014 só faria mal à organização do evento.

No ano passado, Romário conseguiu as assinaturas necessárias de outros deputados apoiando a implementação da CPI, que depende de Henrique Alves para ser colocada em funcionamento.

Fonte: Lancepress!

Fugitivo de Rondônia usava crachá de imprensa para assaltar em JP



Policiais do serviço de inteligência do 7º BPM prenderam o foragido da justiça Alexandro de Oliveira do Nascimento, 36 anos, no momento em que ele se preparava para mais um assalto no Centro de João Pessoa. Alexandro é procurado por diversos crimes no estado de Rondônia. O acusado chegava a usar um crachá de imprensa para ter acesso facilitado a alguns dos locais onde realizava os roubos. O acusado já vinha sendo investigado pela polícia como suspeitos por vários assaltos nas cidades de João Pessoa e Santa Rita. Após ser preso, ele levou os policiais até sua casa em Tibiri, onde foram localizados vários objetos roubados, além de um revólver calibre 38. No local ainda estavam uma moto Bros com placa clonada, nove relógios, seis óculos, um talão de cheques, varias identidades falsas, alguns cordões de ouro, um capuz usado nos assaltos, e vários chips e cartões de memória de celulares roubados, além do crachá da imprensa. Ele foi levado para a Delegacia de Roubos e Furtos.

A ação que resultou na prisão de Alexandro foi comandada pelo tenente-coronel Jorge e executada pelo tenente Antonio da Força-tática e pelo serviço de inteligência do 7º BPM sediado em Santa Rita.

PB Agora

PREFEITA DE MONTEIRO E DOIS SITES SÃO CONDENADOS A INDENIZAR O DEPUTADO CARLOS BATINGA



A prefeita de Monteiro Ednacé Henrique (PSDB), mais conhecida como Edna Henrique, foi condenada, na ultima segunda-feira (20), pelo juiz da 3ª vara da comarca da cidade, José Marcio Rocha Galdino, a indenizar em R$ 6 mil (seis mil reais), com correção monetária, a partir da data do arbitramento, o deputado Carlos Batinga (PSC). Trata-se de uma ação de obrigação de fazer com pedido de indenização por danos morais.

Na ação, José Geordie Silva Filho, proprietário do blog Cariri Ligado, também foi condenado a pagar indenização de R$ 6 mil ao deputado. Em outra ação, o site Vitrine do Cariri também foi alvo de condenação ao pagamento de indenização de igual valor ao deputado por danos morais.

De acordo com a ação de Batinga, acatada pelo juiz, os dois veículos publicaram notícia inverídica, com base em afirmações de Edna Henrique, atribuindo-lhe como fato definido crime e improbidade administrativa, referentes à prestação de contas do convênio 276/2004, firmado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Segundo a notícia, Monteiro estaria sem receber recursos federais por conta de problemas na prestação de contas do referido convênio. No entanto, o convênio 276/2004 não foi executado na gestão de Batinga como prefeito de Monteiro.

Improcedente

A prefeitura, na gestão de Edna Henrique, moveu uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o deputado Carlos Batinga, mas a juíza da 1ª vara da comarca de Monteiro, Andréa Arcoverde Cavalcanti, julgou improcedente a ação e condenou a prefeitura a pagar os honorários advocatícios arbitrados em R$ 2 mil.

PolíticaPB

GOVERNADOR DECRETA EMERGÊNCIA EM MAIS 25 MUNICÍPIOS; MEDIDA PERMITE AÇÕES EXCEPCIONAIS



Em decreto publicado na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, 24, o governador Ricardo Coutinho (PSB) decretou situação de emergência em mais 25 municípios da Paraíba, por conta da estiagem provocada pela escassez de chuvas, "caracterizando um desastre que vem exigir a ação do Poder Público Estadual".

De acordo com o decreto, a situação de emergência reconhecida nos municípios contemplados persistirá pelo prazo de seis meses. Por tratar-se de uma "situação de anormalidade", as prefeituras das cidades citadas na medida terão de comprovar documentalmente a gravidade do problema enfrentado na região, apresentado preechido o formulário de Informação de desastre (FIDE), e pelo croqui das áreas afetadas.

No escopo da medida, ainda, o Governo do Estado autorizado a abrir Crédito Extraordinário para fazer face à situação existente e também fará uso de dispositivo legal em que ficam dispensados de licitações, os contratos de aquisição de bens e serviços necessários às atividades de resposta ao desastre, locação de máquinas e equipamentos, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação do cenário do desastre, desde que possam ser concluídas no prazo estipulado em lei.

Fica também autorizada a convocação de voluntários para reforço das ações de respostas ao desastre natural vivida no Estado.

Veja, abaixo, a relação dos 25 vmunicípios onde foi reconhecida a situação de emergência:

- Alagoa Grande

- Araçagi

- Areia

- Belém

- Caldas Brandão

- Capim

- Cuité

- Duas Estradas

- Guarabira

- Gurinhém

- Lagoa de Dentro

- Mamanguape

- Matinhas

- Mulungu

- Pilões

- Pirpirituba

- Pedro Régis

- Rio Tinto

- São José dos Ramos

- São Miguel do Taipu

- Serra da Raiz

- Serra Redonda

- Sertãozinho

- Sobrado

PolíticaPB

Mulher morta por vizinho em prédio de luxo faria aniversário nesta sexta


A dentista Miriam Cecília Amstalden Baida, morta pelo vizinho em um condomínio de luxo em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, na noite desta quinta (24) faria 38 anos nesta sexta-feira (23). Ela e o marido, Fábio de Rezende Rubim, de 40 anos, foram mortos após o vizinho Vicente D’Alessio, empresário do setor de metalurgia, de 62 anos, invadir o apartamento do casal com uma arma calibre 38, por volta das 21h. O atirador disparou ao menos seis vezes contra os vizinhos e na sequência se matou. Vicente teria matado o casal após reclamar de barulho e em seguida se matou.

Vicente e sua esposa assistiam à televisão quando ele reclamou com a mulher do barulho que vinha do apartamento das vítimas – segundo testemunhas, os vizinhos sempre discutiam por este motivo. O empresário, então, teria dito à sua esposa que iria resolver o problema de barulho matando os Miriam e Fábio. A esposa de Vicente tentou evitar o crime. O empresário, que morava no 11º andar, abaixo do apartamento das vítimas, foi ao andar de cima e matou Miriam e Fábio.

O assassino voltou ao seu apartamento para recarregar a arma, contou à mulher sobre o crime e se matou logo depois, no elevador. A porta do apartamento do casal morto não foi arrombada. Na porta do quarto do casal há três marcas de tiros.

"Ele teria dito para a mulher que agora seria tudo por conta dela e saiu para o elevador, onde ele teria feito o último disparo", disse Andreas Schiffmann, delegado de Santana do Parnaíba, que investiga do caso. Segundo a polícia, Vicente tinha posse de armas e usou um revólver calibre 38 registrado.

A filha do casal assassinado, de apenas 1 ano e meio, estava no apartamento, mas não se feriu. A menina não se machucou e está com os avós maternos.

O condomínio onde aconteceu o crime fica na altura do número 5.100 da Avenida Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, no trecho da via em Santana de Parnaíba. Os corpos foram retirados do prédio e levados para o Instituto Médico Legal de Osasco após a realização da perícia, no início desta madrugada.

A arma do crime foi apreendida. As câmeras de segurança do prédio só fazem o monitoramento e não registraram o crime, segundo as primeiras informações dadas à polícia.

A polícia informou também que Vicente é portador da síndrome de Guillain-Barré, uma doença que ataca o sistema auto-imune. Ele já foi internado por causa disso e tomava medicamentos, alguns à base de morfina. A polícia quer saber agora se ele pode ter tido algum tipo de surto que motivou o assassinato.

Segundo o Bom Dia São Paulo, o casal assassinado deve ser enterrado em Campinas, no interior de São Paulo.

G1

Obra do 1º porto no Piauí se arrasta há 37 anos e já custa R$ 390 milhões


Maresia já provocou a oxidação das estruturas de ferro utilizadas nas obras do porto (Foto: Kleber Nogueira)

O Piauí é o único estado litorâneo brasileiro sem porto. O projeto de construção do primeiro terminal marítimo começou nos anos 1960, e as obras foram iniciadas em 1976. Mas, após 37 anos, o Porto de Luís Correia é apenas um cais abandonado, de estrutura deteriorada, onde repousam materiais e maquinários enferrujados. Em meio a longas paralisações, falha no edital, rescisões contratuais, falta de estudos de impacto ambiental, além de indícios de superfaturamento e pagamentos indevidos, a iniciativa já custou mais de R$ 390 milhões aos cofres públicos.

A realidade do único porto do Piauí – que ainda não existe – é justamente o cenário que a MP dos Portos quer extinguir. O plano é estabelecer novos critérios para a exploração e arrendamento para a iniciativa privada de terminais de movimentação de carga em portos públicos, a fim de baixar os custos de logística e melhorar as condições de competitividade da economia brasileira

O texto foi aprovado após 50 horas de discussão, com parlamentares varando a madrugada em uma das votações mais desgastantes que o governo enfrentou no Congresso. Dilma tem até 5 de junho para sancionar ou vetar parcial ou integramente a proposta para retomada dos investimentos nos portos.

As obras do Porto de Luís Correia estão paradas pela segunda vez. Ao longo de 37 anos, os trabalhos ficaram interrompidos por 24 anos – de 1986 a 2008 e de 2011 até agora. Segundo o governo do Piauí, o porto está na lista de 14 portos marítimos com recursos garantidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Já a Secretaria de Portos, da Presidência da República, afirma que o projeto "está em vias de aprovação no PAC". A obra continua sem prazo para conclusão.

Estado sem porto
A ausência de um porto e a falta de investimentos em logística são consideradas os maiores gargalos para o agronegócio no Piauí. A distância dos Tabuleiros Litorâneos, localizados em Parnaíba (PI), para o Porto de Itaqui, no Maranhão, por exemplo, é de aproximadamente 535 km. Boa parte da produção de frutas orgânicas como acerola, caju, coco, melancia e goiaba é escoada pelo terminal. Já a distância para o terminal de Pecém, no Ceará, passa de 450 km. Caso o terminal marítimo do Piauí seja concluído, a distância até Luís Correia será de 18 km.

Diretora da indústria da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ivani Gonçalves reconhece que a obra do Porto de Luís Correia é uma necessidade para o estado, que de 2009 a 2011 exportou cerca de R$ 183 milhões pelo Porto de Itaqui, em São Luís (MA), e R$ 156 milhões pelo Porto de Pecém (CE). Boa parte da soja produzida na região dos Cerrados teve de ser enviada ao Maranhão.

Os primeiros estudos para a instalação do Porto de Luís Correia começaram na década de 1960, mas somente na gestão do presidente Ernesto Geisel, em 1976, as obras da estrutura foram efetivamente iniciadas. Em 1986, dez anos após o início da construção, aconteceu a primeira paralisação, por insuficiência de recursos públicos, segundo o Ministério Público Federal (MPF). Na ocasião, apenas o molhe, de três quilômetros, havia sido concluído.
Única estrutura do porto pronta até agora é o molhe (Foto: Kleber Nogueira)
Única estrutura do porto pronta é o molhe, que teve
de ser recuperado (Foto: Kleber Nogueira)

Pelo menos R$ 10 milhões foram gastos só para recuperar estruturas deterioradas (Foto: Kleber Nogueira)
Para recuperar partes deterioradas foram gastos

pelo menos R$ 10 milhões (Foto: Kleber Nogueira)

Em 2008, passados 22 anos de suspensão das obras, Wellington Dias, governador do estado na época, anunciou a retomada, com investimento de aproximadamente R$ 10 milhões só para recuperar as antigas estruturas que foram prejudicadas pela ação do tempo.

Em visita ao Piauí, em 2009, o ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, disse que desde a década de 1970 cerca de R$ 390 milhões já haviam sido investidos no Porto e destinou outros R$ 64 milhões para a conclusão da obra até dezembro de 2010. A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, atual presidente da República, participou do encontro.

Em maio de 2011, um novo problema paralisou as obras. A Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) rescindiu o contrato com o consórcio Staff de Construções e Dragagem Ltda./Paulo Brígido Engenharia, responsável pela construção na época.

Procurado pelo G1, o secretário da Setrans, Avelino Neiva, disse apenas que a rescisão unilateral aconteceu com base em relatórios da Secretaria de Controle Interno da Presidência da República (Ciset) e ainda por sugestão da Controladoria Geral do Estado. Entre os motivos para a quebra do contrato está a expiração de prazos.

Sem querer dar mais detalhes sobre o projeto, o secretário afirmou que os assuntos relacionados ao Porto de Luís Correia estão entregues à Procuradoria Geral da República e à Polícia Federal.

A Secretaria de Portos, por sua vez, disse que "o estado do Piauí rescindiu unilateralmente o contrato de construção da obra". Segundo a secretaria, os convênios do governo do Estado com a pasta expiraram no dia 31 de dezembro de 2012 e não existiam mais recursos no Orçamento Geral da União para a colaboração de novo instrumento. Ainda de acordo com a secretaria, após a aprovação do novo projeto no PAC, serão solicitados recursos adequados para firmar outro convênio.

O diretor da Staff, Heitor Gil, disse ao G1 que havia dois contratos da obra. O primeiro, segundo ele, estava de fato com o prazo expirado, mas já havia sido solicitada a prorrogação do prazo antes mesmo de sua expiraçao. Ele afirmou que as obras estavam em estado avançado. "No que tange ao segundo contrato, não havia prazo expirado. O motivo do ato é falso, ensejando a sua nulidade", disse.

Heitor Gil disse ainda que o parecer 004/2011, elaborado pela Controladoria Geral do Estado do Piauí, se resume a descrever as constatações feitas pela Secretaria de Controle Interno da Presidência da República e, nas conclusões, recomenda que a Secretaria Estadual de Transportes adote algumas providências. "Em nenhuma das recomendações consta a paralisação das obras ou/e rescisão do contrato de prestação de serviços", disse Gil.

Procurada pelo G1, a Controladoria-Geral da União (CGU) informou que não acompanha o caso do porto no Piauí, que está a cargo, na parte de fiscalização, da Secretaria de Controle Interno da Presidência da República (Ciset).

Amanda Bynes é presa por porte de maconha



Amanda Bynes deixa delegacia em Nova York, nos Estados Unidos

Amanda Bynes foi presa por porte de maconha na noite desta quinta-feira, 23, em seu apartamento em Nova York, nos Estados Unidos. Os polícias foram chamados após vizinhos relatarem que havia uma pessoa desorientada no prédio da atriz.

De acordo com o site “TMZ”, ao chegarem ao apartamento da atriz, os policiais teriam encontrado maconha. Uma pessoa próxima a Amanda teria dito ao site que as autoridades foram chamadas porque a atriz estava se comportando de maneira estranha e falava sozinha.

Ainda segundo o “TMZ”, Amanda teria arremessando um bong – objeto usado para fumar ervas – pela janela de seu apartamento na tentativa de esconder as provas contra ela. “Vocês sabem quem eu sou?”, perguntou a atriz ao ser algemada.

Após a prisão, Amanda Bynes foi para o hospital Roosevelt para uma avaliação psiquiátrica e depois foi levada para uma delegacia de polícia em Midtown, onde foi autuada. Algemada e usando a peruca loira para esconder o rosto (veja o vídeo aqui), a ex-estrela da Disney foi fotografada deixando o local e sendo encaminha ao tribunal – onde terá que enfrentar um juiz na manhã desta sexta-feira, 24.