João Henrique consegue pavimentação do anel viário do Cariri


O trabalho do deputado João Henrique (DEM) pela região do Cariri tem resultado cada vez mais no desenvolvimento da região. Como resultado da sua ação parlamentar e decisão do governador Ricardo Coutinho, vários municípios estarão recebendo em pouco tempo os benefícios do anel viário do Cariri. A luta do deputado João Henrique pela conquista destes projetos foi árdua e longa.

Em fase de licitação, a rodovia PB 240 será pavimentada no trecho São João do Tigre a São Sebastião do Umbuzeiro, numa extensão de 21,8 quilômetros. Outra rodovia defendida por João Henrique em fase de licitação é a PB 224 ligando Camalaú a São João do Tigre, com 24,9 quilômetros.

O deputado caririzeiro ainda está conseguindo a pavimentação da PB 264 no trecho São Sebastião do Umbuzeiro a Zabelê, com 13 quilômetros e a PB 196, do Entroncamento PB 214- Camalaú, numa extensão de 17 quilômetros, como também a ligação entre as rodovias PB 196 e PB 186, ligando os municípios de Congo, Caraúbas e São Domingos do Cariri. Todos esses trechos estão em licitação.


Cariri Ligado
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Anúncios

Motorista de Land Rover bate em 3 veículos


Mais um motorista foi detido na noite desta quarta-feira (30) por dirigir embriagado ao volante, no bairro do José Américo. Ele conduzia um veículo modelo Land Rover na cor branca com placa MNN 3404 do Rio Grande do Norte.
90327_W280Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCB.jpg
Raniery Marciel Moreira estava embriagado e colidiu com uma moto e dois veículos, sendo um gol com placa MNQ 1784 e um Fiat Uno de placa NOV 4870, ambos de João Pessoa. E ainda derrubou um portão de uma residência que fica na rua Edvardo Toscano, no bairro do José Américo.

Dentro do carro a polícia encontrou bebida alcoólica Ele está sendo conduzido para 9ª Delegacia Distrital em Mangabeira.

Priscila Andrade com Emerson Machado da Tv Correio

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Bebê deixa de respirar quando dorme


A maioria dos pais provavelmente adora ver seus baixinhos tirar uma soneca no meio do dia – mas, para nós, é aterrorizante”. É assim que o inglês Chris Wyse descreve o sentimento em relação à doença sofrida por sua filha de seis meses.

A pequena Jovie para de respirar quando adormece. A hipoventilação alveolar primária ou maldição de Ondina — em referência a uma lenda da mitologia germânica — é uma doença rara — há cerca de 300 casos diagnosticados no mundo — e vem de nascença.

O que mantém Jovie viva é um aparelho, um ventilador espemaioria dos pais provavelmente adora ver seus baixinhos tirar uma soneca no meio do dia – mas, para nós, é aterrorizante”. É assim que o inglês Chris Wyse descreve o sentimento em relação à doença sofrida por sua filha de seis meses.

"O ventilador é a sua tábua de salvação, não podemos ir a lugar nenhum sem ele”, conta o pai. “É difícil brincar com ela e agir como uma família normal, porque sempre temos medo de que ela possa ficar com sono de repente e perder a respiração”.

Jovie nasceu prematura e teve de ficar no hospital até que se desenvolvesse. Mas logo os médicos desconfiaram de que havia algo errado com a respiração da menina e chegaram ao diagnóstico.

A criança foi submetida a uma traqueostomia – cirurgia que abre um espaço no pescoço para a entrada do tubo. Inicialmente, ficava o tempo todo acoplada ao ventilador. Hoje, ela já está em casa pode retirá-lo de vez em quando, mas ainda precisa de supervisão profissional durante a noite.

“Temos a esperança de que quando Jovie ficar maior e mais forte, não vá precisar do ventilador o tempo todo”, diz o pai. “No mínimo, ela sempre terá de usar uma máscara de ventilação para dormir, mas esperamos que ela consiga crescer e levar uma vida normal”, completa.

Globo.com
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

TCE multa prefeito em quase R$ 800 mil


O Tribunal de Contas da Paraíba reprovou as contas de 2009 do prefeito de Sapé, João Clemente Neto e o multou em R$ 767.863,33, em decorrência de despesas não comprovadas, em sua maior parte (R$ 399.952,85), com aquisição de combustíveis.

Saldo financeiro não comprovado, gastos com assessorias e despesas extraorçamentárias, também sem a devida comprovação documental, compuseram o restante do débito. O prefeito de Sapé dispõe do prazo de 60 dias para recolhimento voluntário desse dinheiro aos cofres municipais, sob pena de cobrança executiva.

A decisão do TCE, contra a qual ainda cabe recurso, deu-se conforme voto do conselheiro Fábio Nogueira, relator do processo, e o parecer do Ministério Público então ratificado pela procuradora geral Isabella Barbosa Marinho Falcão.

Esta não foi a única grande imputação de débito decidida, esta semana, na Corte Contas do Estado. Um dia antes, a 1ª Câmara Deliberativa do TCE já havia reprovado as contas de 2007 do então secretário de Educação, Esporte e Cultura de Campina Grande, Flávio Romero Guimarães, concedendo-lhe o prazo de 60 dias para a devolução voluntária de R$ 601.111,57 aos cofres do município, conforme voto do relator Flávio Sátiro. O secretário, que respondeu por despesas não comprovadas, ainda pode recorrer dessa decisão.

Portal Correio
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Jornalista é agredido durante evento político em Dona Inês


O jornalista José Pessoa (foto) procurou a reportagem do PolêmicaPB para denunciar agressão sofrida na tarde da segunda-feira (28) durante evento político do prefeito de Dona Inês, Antônio Justino (PSB), que se explicava sobre o escândalo das drogas que tomou conta do município no último final de semana.
Segundo explicou Pessoa, por trabalhar em um veículo de comunicação que não está ligado ao bloco governista no município, passou a ser agredido e teve seu equipamento de trabalho quebrado por seguranças e correligionários do prefeito socialista.

Fonte: PolêmicaPB
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Juiz de Campina Grande manda soltar Marcelinho Paraíba


G1PB

O juiz Paulo Sandro de Lacerda, da 5ª Vara Criminal de Campina Grande, decidiu na tarde desta quarta-feira (30) que o jogador Marcelinho Paraíba deve ser solto. Com a decisão, advogado Afonso Vilar está junto com o oficial de justiça para cumprir o alvará de soltura ainda nesta tarde no Presídio do Serrotão.

O jogador Marcelo dos Santos, de 36 anos, mais conhecido como Marcelinho Paraíba, foi preso em flagrante na madrugada desta quarta-feira (30) e transferido para o Presídio Padrão de Campina Grande, o Serrotão, no começo da tarde. Ele passou a manhã na Central de Polícia prestando depoimento e foi levado para a carceragem, de onde saiu às 12h30 (horário local).

O atleta foi indiciado por estupro, suspeito de tentar beijar e agredir uma mulher de 31 anos. De acordo com o delegado Fernando Zoccola, caso condenado, o jogador pode passar de 6 a 10 anos preso. Ele considerou que, mesmo sem ter chegado ao ato sexual, devido às mudanças no Código Penal Brasileiro a tentativa de ter uma relação com a mulher pode ser interpretada como estupro.

Marcelinho Paraíba faz balanço do ano: críticas ao Flamengo e mágoa com Felipão Segundo Zoccola, a suposta vítima afirmou em depoimento que o crime aconteceu de madrugada em uma festa no sítio do jogador em sua cidade natal, Campina Grande, para comemorar a ascenção do time à Série A do Campeonato Brasileiro.

Segundo ela, Marcelinho forçou um beijo e a agrediu, puxando seus cabelos. A mulher apresentava cortes na boca e foi levada para a Unidade de Medicina Legal (UML) para ser submetida a um exame de corpo de delito.

Em sua única declaração, Marcelinho disse ser inocente e informou que só falaria em juízo. O advogado Afonso Vilar negou as acusações. "Em 20 anos, nunca vi ninguém ser preso por causa de um beijo", disse.

Além de Marcelinho Paraíba, outros três amigos foram detidos durante o tumulto. Eles foram indiciados por resistência à prisão e desacato a policiais militares e poderão ser soltos mediante o pagamento de fianças de R$ 1 mil para cada.

Conforme Fernando Zoccola, outra questão que vai ser apurada é a informação de que o irmão da vítima, um delegado de Polícia Civil, teria disparado tiros no momento da prisão. O suspeito nega, mas sua arma será levada para perícia em busca de resíduos de pólvora.

Marcelinho Paraíba atualmente joga no Sport, do Recife, e foi um dos destaques no retorno do time à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O último jogo da campanha ocorreu no sábado (26).

Procurada pelo G1, a assessoria do Sport informou que o presidente do clube, Gustavo Dubeux, disse que vai prestar apoio jurídico ao jogador. O Sport informou ter recebido uma solicitação da esposa de Marcelinho e enviado um emissário. "Nós enviamos alguém do dia a dia do atleta para que possa levar conforto e fazer uma avaliação da situação, para que o Jurídico possa ver o que pode ser feito. Que além de tomar pé da situação tem que ser alguém que o atleta conheça dentro do clube. O atleta iria estranhar, não iria se sentir seguro se nós enviássemos alguém do Jurídico", informou o advogado do clube, Arnaldo Barros.

(*colaborou G1 PE)
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Preconceito no twitter: vítima do caso Marcelinho é xingada


Um internauta de login @Netowskk no twitter postou mensagens preconceituosas contra a vítima de tentativa de estupro que está sendo investigada pela Polícia e que levou o jogador paraibano que atua no Sport de Recife à prisão na manhã desta quarta-feira (30).

Os xingamentos são estendidos também para todas as mulheres paraibanas. Ele cita ainda outros estados nordestinos, como Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas, e faz xingamentos contra as mulheres.

Nas mensagens, o jovem chamou de ‘vadia’ a vítima da tantativa de estupro e as mulheres nordestinas de barangas.

As twittadas do @Netowskk causaram revolta no microblog.

Veja as mensagens preconceituosas.

Portal Correio

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Prefeito de Catarina sofre atentado com artefato explosivo


Familiares do prefeito de Catarina, no Centro Sul do Ceará, sofreram atentado na manhã desta quarta-feira (30), de acordo com a Polícia Civil da cidade. Segundo o policial Aubério Gomes, um homem não identificado arremessou no interior da casa dos familiares um artefato explosivo conhecido com coquetel molotov.

O artefato trata-se de uma garrafa com gasolina e um pavio. De acordo com o Aubério Gomes, o artefato não explodiu porque o suspeito "é um marinheiro de primeira viagem". "O artefato foi feito com material inadequado e por isso, felizmente, não explodiu", diz o policial civil. O material foi coletado em saco plástico e enviado para perícia.

No momento do atentado, por volta das 10h, somente uma funcionária da casa estava presente e o prefeito e a mulher estavam viajando.

Gomes diz que acionou o quartel policial da cidade de Tauá para fazer investigações em Catarina. Ele explica que na cidade de 18 mil habitantes há apenas policiamento ostensivo e que as investigações serão feitas por policiais de Tauá.

A Polícia Civil de Catarina diz também que já solicitou imagens de circuito interno de casas próximas às dos familiares do prefeito e de postos de combustível da cidade, que possam ter vendido a gasolina para o suspeito. A polícia não tem pistas de quem cometeu o atentado e nem a motivação do crime.

Aubério Gomes explica que um coquetel molotov é capaz de causar incêndios de grandes proporções e sua explosão pode matar pessoas próximas.

Fonte: G1 CE

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Deputado tucano afirma que está sofrendo retaliação de assessores do senador Cícero Lucena


O deputado estadual João Gonçalves (PSDB), que há bastante tempo tem insistido na campanha para que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) assuma a presidência estadual do partido, afirmou está sofrendo retaliações dos assessores do atual presidente do PSDB, senador Cícero Lucena.

“Os mais ligados a Cícero estão me vendo de forma diferente. Lá mesmo em Brasília, durante um jantar, dois ou três assessores dele se dirigiram até mim de forma meio pesada e eu disse a eles que não se preocupassem porque minha única preocupação é fazer com que o partido cresça”, frisou João Gonçalves.

Segundo o deputado, a convenção do PSDB para definir quem fica com a presidência já deveria ter acontecido, mas os líderes do partido devem entrar em consenso para definir não só a data, mas quem deve ocupar o cargo.

PolíticaPB
Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Caso Marcelinho: bêbado e agressivo, delegado irmão de suposta vítima de estupro ameaça jornalistas com rev ólver; vídeo

Foto ilustrativa


Aparentando embriaguês, e manifestando agressividade, o delegado Rodrigo do Rêgo Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata, em Campina Grande, irmão da advogada Rosália de Abreu, suposta vítima de estupro por parte do jogador Marcelinho Paraíba, ameaçou jornalistas nesta manhã na Central de Polícia de Campina Grande.

Armado, ele chama o jornalista que o entrevistava de idiota e estapeia o microfone. Antes, ele confessou que efetuou disparos na granja do jogador.

"Devia ter atirado na cara dele", disse o delegado, que estava na festa promovida pelo jogador em sua granja e teria até pedido autógrafo a Marcelino Paraíba.

Em certo momento do vídeo (veja abaixo), o delegado diz que se o cinegrafista o filmar ‘ele vai perseguir’.

Apontando para a arma, ainda ameaça: "aqui tem seis amigas", se referindo a quantidade de balas que carregaria em seu revólver.

O delegado se irritou com questionamentos a respeito da severidade da pena aplicada ao jogador, levado preso para o Serrotão.

"Você acha que vou deixar de processá-lo por causa disso? Acha que eu sou um frouxo?"

"Vai pegar minha irmã pelo cabelo, morder a boca e vou amarelar?"

"Tá sacaneando com minha cara por que?"

"O cara vai beijar minha irmã e vai para a cadeia".

Portal Correio


Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Empréstimo do BNDES é aprovado na CCJ; ‘não discutimos emendas dos deputados’, diz Aracilba


A secretária da Fazenda do Estado, Aracilba Rocha, afirmou que o empréstimo do BNDES foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça na manhã desta quarta-feira (30).

Segundo a secretária, as emendas que os deputados haviam pedido como condições para aprovar o empréstimo sequer foram mencionadas durante a sessão. “Eu vim aqui trazer os esclarecimentos que os deputados precisavam para anexar a solicitação do pedido de empréstimo”, contou.

“Vim acompanhada do secretário João Azevedo da Infraestrutura. Foi ele quem formalizou o pedido do empréstimo e veio apenas trazer os esclarecimentos que o deputados precisavam”, disse.

De acordo com Aracilba, as emendas dos deputados não foram discutidas. “O assunto que foi aqui discutido foi o empréstimo do BNDS que acabou de ser aprovado, conscientemente, porque o Governo cumpriu o que precisava para esclarecer os detalhamentos do financiamento”, continua.

“Não foi falado das emendas porque não era o momento. Deverá ter outro momento e logicamente que os deputados irão convocar na hora certa”, concluiu

Pedro Callado / Fernando Braz
Paraíba.com.br

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Indiciado por tentativa de estupro, Marcelinho Paraíba chega ao Presídio do Serrotão


Marcelinho Paraíba sendo levado para a Gemol (Foto: blogdomarciorangel.com)

O jogador de futebol Marcelo dos Santos, 36 anos, conhecido como Marcelinho Paraíba chegou por volta das 12h30 desta quarta-feira (30) ao Presídio do Serrotão, em Campina Grande.

A informação foi confirmada pelo delegado que investiga o caso, Fernando Antônio Zóccola, que o indiciou por tentativa de estupro.

Em depoimento, Marcelinho Paraíba negou a todo momento que havia cometido o estupro e que era colega da suposta vítima.90316_W400Q100I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCB.jpg
Mulher, que é irmã de delegado, mostrou lábios machucados e fez exame de corpo delito (Foto: Blogdomarciorangel.com)

A vítima da tentativa de estupro é a advogada Rosália de Abreu de 31 anos de idade. O irmão dela é o delegado Rodrigo do Rego Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata.

Lábios sangrando

O delegado Fernando Zóccola, em entrevista coletiva à Imprensa que aguardava na ante sala da Central de Polícia, disse que irá enviar o caso para uma das Varas da Justiça, que pode ser da 1ª à 5ª Vara Criminal.

Ele vai responder por tentativa de estupro, crime previsto no artigo 213 Código Penal que é inafiançável e prevê de seis a dez anos de prisão.

O advogado do jogador, Afonso Vilar, disse que vai entrar com pedido de relaxamento da prisão.

Porém, o delegado revelou que a suposta vítima apresentava sangramento nos lábios. Ela também foi submetida a exames de corpo de delito.

Portal Correio

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Acidentes em rodovias de MT matam 3 caminhoneiros


Colisão entre carretas aconteceram nas BRs 163 e 364, ontem à tarde e hoje de manhã
Em pouco menos de 24 horas, três caminhoneiros morreram em acidentes, em rodovias próximas da Capital, envolvendo outros motoristas.

Ontem (29), no final da tarde, moreram Luiz Antônio Balbino, 54, que dirigia uma carreta vazia e que colidiu com um bitrem carregado com 40 toneladas de soja, dirigido por Leo Pereira, 58. Ambos morreram no local.

O acidente ocorreu na BR-163, a cerca de 20 quilômetros da cidade de Jangada (80 km ao Norte de Cuiabá), em frente ao acampamento de um grupo de Movimento Sem-Terra (MST).

No choque, parte da carga ficou espalhada pela pista e acostamento, deixando um congestionamento de mais de 20 km.

Segundo o relato de testemunhas, Luiz seguia para Campo Novo dos Parecis (Noroeste), para carregar oja e bateu de frente com a outra carreta, que vinha em sentido contrário. Atrás da carreta, houve a colisão na traseira de um caminhão F 4000, cujo motorista saiu ileso.

“Foi um estrondo. Ouvimos o barulho e encontramos o motorista da carreta vermelha (Leo) ainda preso nas ferragens”, informou uma testemunha.

Com a carreta vazia atravessada na pista, a rodovia ficou totalmente interditada, deixando um congestionamento de mais de 12 quilômetros dos dois lados da pista.

Serra de São Vicente

Na início da manhã desta quarta-feira (30), o motorista de uma carreta Iveco Bitrem morreu, na Serra de São Vicente, na BR-364, a cerca de 50 quilômetros da Capital.

Técnicos em necropsia do IML aguardam a documentação oficial por parte de familiares para fazer a identificação e providenciar o sepultamento. Ele é conhecido como “Márcio”.

Segundo policiais do Plantão Metropolitano, o caminhão de Márcio estava carregado com adubo e trafegava em direção a Cuiabá, quando teria perdido o freio.

Ele teria ultrapassado vários veículos e, para evitar um choque com um caminhão-tanque, tentou desviar, saindo na pista contrária, mas abalroou outra carreta e também um Fiat Uno, que rodopiou na pista.

“Duas carretas tentaram desviar e prensaram o motorista da carreta”, explicou um policial plantonista. Os demais envolvidos saíram ilesos da colisão.

O trânsito ficou interditado por várias horas no local, até que a pista fosse liberada.

MidiaNews


Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Delegado afirma que Marcelinho pode receber pena de seis a dez anos de prisão


O jogador de futebol Marcelinho Paraíba foi preso acusado de tentativa de estupro na madrugada desta quarta-feira, 30, em Campina Grande.

O delegado Fernando Antônio Zocola, que está à frente do caso, afirmou que o meia do Sport Club Recife será indiciado pelo artigo 213 do Código Penal Brasileiro. Se o crime for confirmado, o jogador poderá ser condenado de seis a dez anos de reclusão.

A autoridade policial ainda disse que a vítima seria irmã de um delegado, e que havia pessoas armadas na festa promovida na casa de Marcelinho.

– A vítima relatou que o acusado a beijou na boca à força e a agrediu. A mulher disse que o suspeito queria provavelmente manter relações sexuais com ela. Não houve ato sexual, mas mesmo assim a ação caracteriza estupro – ponderou o delegado.

Conforme Fernando, “o Marcelo disse que o delegado, que seria irmão da garota, efetuou um disparo na granja dele”.

– Essa informação não é confirmada. A vítima irá passar por exames – frisou o delegado Fernando Antônio, durante entrevista coletiva.

paraibaonline

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Idoso aplica golpe em vários comércios de cidade sertaneja e foge sem deixar pistas


Segundo informações, três comerciantes locais prestaram queixa na delegacia contra o estelionatário, que já tem passagem pela polícia.

O senhor Lindemberg Fernandes da Silva, de 66 anos, é acusado de estelionatário na cidade de Itaporanga.

Segundo informações, Lindemberg chegou à cidade no começo deste mês de novembro, e se passou por um grande empresário, enganado muita gente, o estelionatário, aplicou vários golpes em comerciantes.

Ao chegar na cidade Lindemberg, disse que iria colocar uma loja de pneus na cidade. Com essa conversa, ele alugou e comprou imóveis, tomou dinheiro emprestado e fez compras no comércio local com valores altos, chegando a mais de 10 mil reais, somente um uma loja de móveis e eletrodomésticos.

Misteriosamente o golpista sumiu da cidade, sem pagar a ninguém, deixando um enorme prejuízo.

DIÁRIO DO SERTÃO

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Modelo encontrada morta em Ponta Grossa foi assassinada, diz IML


G1
Segundo IML, causa da morte foi asfixia direta. (Foto: Reprodução RPCTV)
Foi divulgado, nesta quarta-feira (30), o laudo do Instituto Médico Legal sobre a morte da modelo Agda Fátima Rocha, que aconteceu no dia 19 de setembro, em Ponta Grossa, no Paraná. Segundo o delegado Leonardo Carneiro, que investiga o crime, o laudo aponta indícios de que a vítima foi, de fato, assassinada. “O corpo apresentava lesões na face anterior da perna esquerda, o que indica que ela foi arrastada até a cama onde foi encontrada”, disse.

Conforme o delegado, o laudo conclui que a causa da morte de Agda foi sufocação direta. “Havia indícios de obstrução das vias respiratórias”, contou o delegado. Conforme o laudo, a modelo ainda foi vítima de estupro por parte do assassino, pois o corpo também apresentava hemorragia genital.

A versão do suspeito de matar a modelo é diferente da tese defendida pela polícia. No dia em que foi preso, o homem afirmou ao delegado que ele e a modelo começaram a se beijar e iam ter uma relação sexual, mas ela caiu da cama e bateu a cabeça.

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Indiciado por estupro, Marcelinho Paraíba é levado para presídio sem direito a fiança; ‘sou inocente’

O jogador Marcelinho Paraíba foi encaminhado para o Presídio do Serrotão em Campina Grande no final da manhã desta quarta-feira (30), ele foi indiciado de estupro, mas alega que é inocente. O jogador teria tentado estuprar uma mulher de 31 anos durante uma festa em seu sítio.

Logo após prestar depoimento para o delegado Fernando Zoccola, Marcelinho declarou para a imprensa, “sou inocente e só falo em juízo”. O jogador foi preso sem opção de fiança. Três amigos do jogador também foram detidos, mas apenas por resistência a prisão e desacato a autoridade e podem ser soltos sob fiança.

G1 PB

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Duas agências dos Correios e lotérica são assaltadas em menos de 1h na Paraíba


Mais duas agências dos Correios e uma casa lotérica foram assaltadas em menos de uma hora na manhã desta quarta-feira (30).

O primeiro caso aconteceu por volta das 8h30, na cidade de Juarez Távora, a 79 km da Capital. De acordo com informações do 8º Batalhão da Polícia Militar, localizado no município de Itabaiana, dois homens chegaram em uma motocicleta, renderam clientes e funcionários da Casa Lotérica e anunciaram o assalto.

O segundo caso aconteceu cerca de meia hora depois na mesma cidade do Agreste paraibano. Dessa vez, três homens chegaram em duas motos. Um deles ficou do lado de fora dando cobertura quando os outros dois acusados entraram na agência dos Correios e assaltaram.

O terceiro e último assalto aconteceu por volta das 9h30 da manhã de hoje. O alvo foi a agência dos Correios do município de Cubati, na região da Borborema do Estado. Os bandidos conseguiram roubar o caixa, mas não levaram o cofre porque a polícia chegou a tempo. Houve troca de tiros.

Nos três casos, a quantia roubada não foi divulgada.

Mais informações em instantes.

Portal Correio

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Contas da Prefeitura de Monteiro Entra Novamente na Pauta de Julgamento do TCE Nesta Quarta


O Tribunal de Contas da Paraíba vai se reunir, nesta quarta-feira (30), a partir das 9 horas, para o exame, entre outros, de processos decorrentes da prestação de contas anuais de 15 prefeitos e 12 dirigentes de Câmaras de Vereadores.

Compõem a pauta de julgamentos as contas de 2009 dos prefeitos de Água Branca (Aroudo Firmino Batista), Cabedelo (José Francisco Régis), Itapororoca (Celso de Morais Andrade Neto), Malta (Ajácio Gomes Wanderley), Monteiro (Ednacé Alves Silvestre Henrique), Monte Horebe (Erivan Dias Guarita), Pilõezinhos (Geraldo Mendes da Silva Júnior), São José de Piranhas (Domingos Leite da Silva Neto), Sapé (João Clemente Neto) e Umbuzeiro (Antonio Fernandes de Lima).

Os prefeitos de Malta e Umbuzeiro também terão o julgamento das contas de 2010 e, o de Frei Martinho (Ana Adélia Nery Cabral), de 2008. São do exercício de 2010 as contas submetidas ao exame do TCE pelos prefeitos de Belém do Brejo do Cruz (Germano Lacerda da Cunha), Livramento (Jarbas Correia Bezerra), Maturéia (Daniel Dantas Wanderley) e São João do Rio do Peixe (José Lavoisier Gomes Dantas).

A pauta do Tribunal ainda inclui as contas de 2009 das Câmaras Municipais de Brejo dos Santos, Campina Grande, Gurinhém, Juazeirinho e Mogeiro. Também, as contas de 2010 das Câmaras Municipais de Carrapateira, Dona Inês, Pilõezinhos, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Serraria e Umbuzeiro.

Integram, ainda, a mesma pauta as contas da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (2006), do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (2008), do Fundo Estadual de Assistência Social, do Fundo Especial de Segurança Pública e da Companhia Estadual de Habitação Popular, contas de 2010, nos três últimos casos.

Revista do cariri
TCE

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora

Efraim Morais é Condenado a Devolver Dinheiro ao Senado


A Justiça Federal do Rio Grande do Sul aceitou o pedido de liminar para determinar a devolução dos valores recebedos por funcionários do Senado como horas extras durante o período de recesso parlamentar.

A juíza Vânia Hack de Almeida, da 5ª Vara Federal de Porto Alegre, determinou a imediata restituição dos valores pagos indevidamente no mês de janeiro de 2009 pelo Senado.

A ação popular foi proposta pelos advogados gaúchos Irani Mariani e Marco Pollo Giordani contra os senadores Garibaldi Alves (PMDB-RN) e Efraim Morais (DEM-PB) e contra 3.883 servidores do Senado beneficiados pelos pagamentos.

A juíza destacou que um grande número de servidores já havia restituído espontaneamente os valores recebidos, o que, segundo ela, "corrobora a forte plausibilidade da tese da ilegalidade do ato administrativo, aliado ao fato de que o Senado não consegue informar sobre o controle da prestação do serviço de caráter extraordinário".

A citação dos servidores beneficiados com os pagamentos de horas extras em janeiro de 2009 será feita por edital, excluindo-se os que procederam a devolução dos valores. A lista deverá ser publicada no Diário Oficial, por três vezes, e afixada no saguão da sede da Justiça Federal em Porto Alegre e do Senado.

Os descontos na folha de pagamento devem observar o limite de 10% da remuneração mensal recebida pelo servidor. Os valores serão atualizados desde a data do pagamento.

Click pb

Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Envie sua matéria para umbuzeiroagora