Comandante nega agressões a ex-candidato a vereador em Juazeirinho

20160713075540 278x300
O comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, major Pablo, defendeu um policial acusado de ter agredido com golpes de cacetete o ex-candidato a vereador, “Dedinha”, fato ocorrido na madrugada do último sábado (9) na rodoviária da cidade de Juazeirinho. Relembre o ocorrido Aqui.

De acordo com o major, em entrevista a Juazeiro FM (87,9), seu subordinado agiu de forma correta no caso em tela, que não houve agressões e que o cidadão estava embriagado. “Não houve agressão, apenas o cidadão precisou ser contido porque estava muito agressivo e sob efeito de álcool. A ocorrência foi gerada por esse cidadão e não pela polícia, apenas tivemos que usar a força necessária para contenção do mesmo”, pontua o comandante.

O major ainda disse que a PM trabalha dentro das balizas da legalidade e tem o aval para a utilização da força, desde que o causador da ocorrência atente contra a guarnição ou contra quaisquer pessoa que esteja na circunvizinhança.

Ele lembra que a PM está para servir e o povo de Juazeirinho tem visto o trabalho sendo aplicado com mais policiamento nas ruas, intervenções dentro da feira livre para poder garantir a segurança da população, indo em bares e fazendo abordagens em locais de risco.

“Sempre que a sociedade precisar estamos aí. A gente não pode, de forma alguma, desqualificar um trabalho tão bonito que, graças a Deus, serve para proteger e dar mais tranquilidade aos juazeirinhenses”, conclui a autoridade policial.

De Olho no Cariri
Com Heleno Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s