Polícia apresenta quadrilha suspeita de assassinar o empresário Marcone Morais

99857c7b485f97af285aba009b5c6d4a l
A polícia apresentou na manhã de hoje (13) os três suspeitos pela morte do empresário Marcone Morais, 50 anos, proprietário da rede de postos de revende de combustível Expressão, na última sedgunda-feira (11) e apontou o frentista, identificado como Luís Pedro, de ter repassado as informações sobre a rotina do empresário e a estimativa do valor que seria depositado à quadrilha…

Outros dois suspeitos foram identificados como Vinicius Martins dos Santos e Fabrício Cruz de Araújo, foram presos na comunidade Laje no bairro de São José, em João Pessoa. O quarto acusado do crime de latrocínio foi identificado como Edglay. De acordo com a polícia, foi o mentor do assalto. Ele foi morto no dia crime pela vítima.

Segundo o delegado Aldrovilli Grisi, “ Luís Pedro conhecia toda a rotina de Marcone, fazia o manejo do dinheiro pessoalmente. O frentista, inclusive, havia trabalhado nos três turnos em que o posto funcionava, então ele tinha todas as informações sobre o trajeto do dinheiro”.

Ainda de acordo com o delegado, Luís Pedro confessou que foi coagido a repassar essas informações privilegiadas. Aldrovilli Grisi disse não acreditar na versão do frentista, porque ele poderia ter tido oportunidade de denunciar e não o fez. “Ele passou o horário preciso, e uma estimativa de quantia”, explicou.

PB Acontece

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s