PF investiga advogado suspeito de golpe de R$ 800 mil na Caixa na PB

Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em escritório.
pilha_dinheiro.jpg

Polícia Civil também tem cinco inquéritos contra advogado por estelionato.

A Polícia Federal da Paraíba investiga um desvio de R$ 800 mil da Caixa Econômica Federal, supostamente praticado por um advogado proprietário de uma casa lotérica no município de Alagoa Nova, na região Agreste. Nesta sexta-feira (30) equipes da PF cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão no estabelecimento e no escritório de advocacia do suspeito em outro município, Areia. Documentos e computadores foram levados para análise.

De acordo com o delegado da Polícia Federal de Campina Grande, Adriano Oliveira, há indícios de que o jurista teria forjado um assalto em sua casa lotérica para embolsar o valor da indenização. Apesar de haver mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz Adailton Medeiros, de Areia, nem a Polícia Federal nem a comarca de Areia confirmaram se há mandado de prisão contra ele.

O advogado também é investigado pelos crimes de estelionato e apropriação indébita contra moradores das duas cidades, que teriam contratado seus serviços. Ele responde em liberdade a cinco inquéritos na Polícia Civil. Segundo relatos das vítimas, ele seria contratado para resolver causas judiciais, mas teria ficado com benefícios dos clientes. O advogado também é suspeito de reter documentos cedidos durante processos, utilizando em financiamento de carros e outros bens e deixando dívidas para os clientes.

O comerciante Lourival Lima da Fonseca diz ser uma das vítimas. "Procurei ele para dar entrada na minha aposentadoria há mais de um ano. Ele ficou com cópias dos meus documentos de CPF, RH e exames médicos. Até hoje não devolveu, nem resolveu. A gente também procura ele, mas nunca encontra", comentou.

A filha de Lourival, Louriane Alves Freitas, voltou do Rio de Janeiro à Paraíba dizendo que teve o nome utilizado indevidamente como sócia de um supermercado, com uma série de dívidas acumuladas. Ela procurou o advogado em Areia para resolver o problema, mas disse ter sido enganada. "Ele me deu um cartão com um número de protocolo dizendo que tinha dado entrada no processo, mas procuramos e não consta nada na Justiça da Paraíba", declarou.

A equipe da TV Paraíba esteve em Areia e procurou o advogado para comentar o assunto, mas recebeu a informação de que ele estaria viajando.

Do G1 PB, com informações da TV Paraíba

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Anúncios

Escola em Livramento Servia Queijo com Carrapato

thumbs.JPG

Inspeção do Ministério Público detecta rãs em bebedouros e larvas de mosquitos da dengue em escolas de Livramento

Animais pastando dentro da escola, rãs em bebedouro, larva do mosquito da dengue dentro da água consumida por alunos.

Essas foram algumas das irregularidades encontradas em escolas públicas de Livramento, durante fiscalização realizada pelo Ministério Público da Paraíba, dentro do projeto “MP pela Educação”.

As inspeções foram coordenadas pelo promotor de Justiça Leonardo Cunha Lima e pela equipe do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Educação.

Em uma escola de Livramento, foram cabras pastando em partes abandonadas do prédio, inclusive nos banheiros da escola, impedindo que os alunos os utilizassem.

Na Escola Santa Rosa, da Zona Rural de Livramento, foi encontrado larva de mosquito da dengue dentro da água consumida pelos alunos.

Também foi encontrado material de construção, utilizado construir um posto de saúde, depositado dentro de sala de aula. Segundo professores, a escola recebeu queijo cheio de carrapatos.

Já na Escola Municipal Antônio Germano, em Livramento, crianças da educação infantil e do ensino fundamental dividiam a mesma sala, o que é proibido por lei, além da completa falta de higiene. Na Escola Estadual João Lelys, não havia merenda.

De acordo com informações do Caop da Educação, em 2011, esta escola só teve merenda a partir de junho, mas no dia da inspeção, na última quinta-feira (28), não havia alimentação escolar.

O promotor Leonardo Cunha Lima informou que abriu procedimento administrativo e notificou os secretários de Educação para, no prazo de 20 dias, sanar as irregularidades. Caso não sejam sanadas, a Promotoria ingressará com ações na Justiça.

Também foi realizada uma audiência pública sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), com a participação de um auditor da Controladoria-Geral de União, de representante da Secretaria Estadual da Educação, diretores e gestores de escolas.

Revista do Cariri
Com Ascom

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

MP recomenda que polícia deixe presos algemados em grades no RN

prisao.jpg

Uma recomendação do Ministério Público(MP) do Rio Grande do Norte para tentar acabar com a superlotação de presos em delegacias está gerando polêmica no Estado. Depois de receber informações de que presídios estão se recusando a receber presos, o órgão publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (29), um documento em que recomenda à Polícia Civil que “obriguem” os presídios a receber os presos em regime provisório, independente da situação e lotação no presídio.

Segundo o documento, assinado pelo promotor autor da determinação, Wendell Beetoven Ribeiro Agra, a Polícia Civil tem dez dias para desafogar as celas das delegacias. Caso contrário, poderá ingressar com uma ação na Justiça.

O texto diz que os policiais não devem trazer o preso de volta à delegacia, mesmo que para isso tenham que deixar o acusado preso de forma improvisada. “Em qualquer das hipóteses de recusa, independentemente das providências pertinentes ao crime de desobediência, o policial civil condutor deverá algemar o preso junto às grades ou outro ponto fixo do interior do estabelecimento indicado na ordem judicial –com algemas descartáveis– e advertir o agente penitenciário presente de que, a partir daquele momento, o conduzido estará sob a responsabilidade da Coape/Sejuc, se retirando do local em seguida, devendo tudo ser certificado no verso do mandado judicial, com a assinatura das testemunhas presentes, que poderão ser os próprios policiais civis que auxiliaram na condução”, diz.

A recomendação indica também que o diretor de presídio que se recusar a receber um preso seja detido e levado para a delegacia para abertura de um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência). “Estando presente o diretor do estabelecimento prisional, e emanando deste a desobediência à ordem judicial, deverá o referido gestor ser detido e conduzido à presença da autoridade policial com circunscrição na área de consumação do delito”, afirma o texto do MP.

Segundo o promotor, a superlotação das delegacias está desviando a função dos agentes civis, que em vez de investigarem crimes estão custodiando os presos para evitar fugas. “Os policiais civis, que deveriam investigar infrações penais e realizar as atividades de polícia judiciária, são desviados de suas funções para trabalhar, quase que exclusivamente, na guarda e transporte de presos. O que faz inquéritos policiais deixarem de ser instaurados ou concluídos”, disse.

OAB diz que recomendação fere direitos humanos
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RN (Ordem dos Advogados do Brasil), José Maria Rodrigues Bezerra, criticou duramente a recomendação do MP e afirmou que ela fere os direitos humanos. Para ele, tanto os apenados quanto os agentes não devem ser penalizados pela “falência do sistema prisional do Estado.”

“Essa recomendação fere os diretos elementares do cidadão e da disciplinaridade humana. Não podemos precarizar a condição do apenado, nem tampouco colocar a responsabilidade nos trabalhadores do sistema prisional e policial”, disse Bezerra, reforçando que se trata de uma recomendação, e não de uma norma.

Segundo Bezerra, a recomendação do MP viola também o pacto de São José da Costa Rica, que reafirma as condições de dignidade em que devem ser tratados os presos na América Latina. Para ele, medida de transferir os presos das delegacias para sistema prisional só deverá transferir o problema da superlotação. “Nenhum preso pode viver em condições degradantes, seja ele preso provisório ou sentenciado. Mas também observamos o lado desproporcional dos direitos humanos em relação aos agentes. Faltam também melhores condições de trabalho e sem elas, o trabalhador do sistema não poderá ter sua conduta criminalizada”, assinalou.

Fonte: UOL
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Carro roubado é encontrado sendo ‘depenado’ em Monteiro

desmanche.jpg

EXCLUSIVO – Um carro roubado do tipo Meriva foi encontrado nesta sexta-feira (30) sendo ‘depenado’ na Sucata de Joãozinho, no município de Monteiro. No momento em que a Polícia chegou ao local, quatro homens estavam desmanchando o veículo, do ano de 2010, que havia sido roubado no mês de abril do ano passado. O dono da sucata foi autuado em flagrante, mas negou as acusações.

Tudo começou quando a Polícia localizou o veículo abandonado na BR-110, entre os municípios de Monteiro e Sertânia (PE). Como a Polícia não possui reboque, o veículo ficou no local e o seu proprietário foi localizado para ir pegá-lo de volta, porém, quando a Polícia voltou ao local, o carro já não estava mais.

Após algumas rondas, os policiais receberam a informação de que o carro estava sendo desmanchado na Sucata de Joãozinho, e quando chegaram ao local confirmaram a informação. O dono do carro, Ernandes Cabral, é natural do Recife (PE), mas mora na cidade de Paulista, também no Pernambuco. O caso está sendo apurado pelo delegado Gilson Duarte Rosas.

Cariri Ligado

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Inspetor de escola na PB é acusado de estuprar menina de 13 anos; Veja o vídeo do estrupo

1317395220505-estupro-bayeux.PNG

Mais um caso de estupro em Bayeux choca a população da cidade. Um inspetor da Escola Estadual Antônio Gomes, no Mário Andreazza, está sendo acusado de ter estuprado uma menina de 13 anos.
A denúncia foi feita na tarde desta quinta-feira (29) ao Conselho Tutelar pelo pai da criança. O homem acusado foi identificado por ´Isaías´ e estaria foragido. O caso está sendo investigado pela delegacia de Bayeux.
O que mais choca neste crime é que o estupro foi registrado em um vídeo com duração de 6 minutos com imagens claras do abuso sexual. O vídeo teria sido gravado por um menor de 15 anos que foi ouvido pela polícia.
Segundo o conselheiro tutelar Josivaldo Farias, o vídeo é extremamente chocante e já foi distribuído com várias pessoas do bairro.


FOLHADOSERTAO com Paraiba.com.br Bayeux em Foco

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Horário de verão: economia ou transtornos a população

horario%252520de%252520verao.jpg

O horário de verão começará à zero hora do próximo dia16 de outubro. A mudança de horário afetará apenas as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e vai até às 0h de 26 de fevereiro do ano que vem.

As regiões Norte e Nordeste mais uma vez ficarão de fora, precisando apenas ficar atentos as mudanças nos horários de funcionamento de banco e outros serviços condicionados ao horário de Brasília..

Atualmente, os estados afetados pelo ário de verão são definidos através de um decreto assinado em 2008. Ele ocorre apenas no Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Sem vaga, hospital manda para casa mulher com 26 quilos

20110930145626.jpg

Sofrendo há 11 anos de anorexia nervosa e bulimia, Maria Cleneilda Fernandes de Oliveira, 27, não conseguiu ser internada no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da USP, onde ela se trata desde novembro de 2007. As dez vagas do serviço especializado em transtornos alimentares já estavam cheias na terça-feira (27).

A informação é da reportagem de Laura Capriglione publicada na edição desta sexta-feira da Folha.

Cleneilda chegou ao extremo: seu corpo, 1,55 metro de altura, pesa apenas 26,4 kg –menos do que a massa de uma criança de nove anos. Para alcançar seu normal, a jovem teria de pesar, no mínimo, 44,4 kg.

20110930145626-2.jpg

´Eu queria mais uma chance no Hospital das Clínicas´, disse, na sala de espera do Hospital Municipal de Santo André.

Ela já ficou internada no HC em três períodos, mas sempre que saiu voltou a perder peso. ´Os médicos do hospital já disseram que não aceitam mais a minha irmã lá. Mas ela não faz isso porque quer. Ela é doente. Será que sou eu quem deve explicar isso aos médicos?´, disse o irmão Raimundo Cleilton Fernandes, 34.

A Secretaria de Estado da Saúde não soube informar quantos leitos existem para tratar anoréxicos e bulímicos em estado grave.

Folha.com

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Revelado esquema de corrupção entre juiz do TRE e de ‘figurões’ da PB

Corrup%2525C3%2525A7%2525C3%2525A3o-no-Brasil-3.jpg

Negociação envolvia troca de informações sigilosas de processos de cassação da PBUm esquema ‘pesado’ de corrupção envolvendo membros da cúpula da Justiça Eleitoral paraibana foi revelado pelo jornalista Júnior Gurgel, em sua mais nova coluna no MaisPB.

O comunicador teve acesso a uma influente personalidade do TRE paraibano, que decidiu denunciar os escândalos que permeiam os bastidores da Corte, quando julgam a cassação dos mandatos eletivos no Estado.

O esquema, segundo “garganta profunda” (como foi nomeada a fonte), era combinado por mio de papos telefônicos, entre um deputado estadual, um juiz do TRE, um filho de um prefeito da Paraíba e um lobista de Brasília.

Segundo a denúncia, as conversa entre o grupo giravam em torno de valores e negociações prévias, com o objetivo de antecipa resultados dos julgamentos.

Confira a íntegra da coluna clicando AQUI

MaisPB

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Após ser perseguida, Gretchen deleta conta no Twitter

20110930185320_03.jpg
A cantora Gretchen se irritou com as críticas se seus seguidores no microblog Twitter, após ter admitido que está trabalhando como garçonete em um café nos Estados Unidos, e deletou a conta no perfil nesta sexta-feira (30). Um novo perfil que alega ser a conta atual da cantora teria sido criado.

"Gente, esse é meu novo Twitter. O @GretchenOficial eu deletei, muita gente me perseguindo pelo meu novo emprego. Não espalhem que eu estou aqui agora… Quero paz!", diz uma publicação no suposto perfil oficial, que também denuncia outras contas que se estariam se passando por verdadeiras.

Terra
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Estudante universitária é vítima de estupro na Mata do Buraquinho em João Pessoa

20110930151438_03.jpg

Uma estudante universitária foi estuprada por volta das 12h desta sexta-feira (30), na popularmente conhecida ‘Mata do Buraquinho’, nas proximidades do Campus I da Universidade Federal da Paraíba.

De acordo com informações, a vítima tem 20 anos e é estudante do curso de Serviço Social da UFPB.

Segundo relatos da jovem à delegada titular da Delegacia da Mulher, ela havia saído da universidade e seguia em direção a sua residência no bairro dos Bancários, quando foi surpreendida por um homem a pé e armado com um revólver.

Sob ameaça de morte, a estudante foi induzida a acompanhá-lo até a mata, onde foi violentada sexualmente por quase duas horas.

Em depoimento, a vítima informou que o estuprador é moreno e alto. Viaturas policiais estão realizando rondas na Zona Sul da Capital, mas ainda não conseguiram localizar o acusado.

Da Redação com Correio
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Taxista costura a própria boca em protesto

034-1.jpg

O taxista Hassan Hoviat-Doust, de 43 anos, que trabalha nas ruas de Bristol, na Inglaterra, costurou a própria boca em protesto por ter perdido a habilitação e, em consequência, o emprego. Ele foi condenado por ter agredido uma passageira. Já que o homem não pode falar, ele escreveu em um cartaz a frase “Eu sou um motorista de táxi que foi condenado injustamente por agressão e perdi meu emprego”.

Hassan está em frente ao tribunal de Bristol desde desde segunda-feira pela manhã. “Eu estou aqui porque nenhuma das minhas evidências foram consideradas pelo tribunal, mesmo que fossem fortes”, explicou ele. Quando perguntado o porquê de ter costurado a boca, o taxista respondeu: “Se você não tem direito de falar, você não tem direito de defesa”.

Segundo o jornal “Daily Mail”, Hassan foi condenado a prestar serviços comunitários por oito semanas e perdeu a habilitação depois de, supostamente, ter agredido a passageira durante uma discussão sobre a tarifa. A mulher afirmou que ele a tirou do táxi à força e a deixou no chão. Na versão de Hassan, ele teria parado e carro e pedido que a passageira saísse, e ela teria atendido.

O taxista precisou também pagar o equivalente a cerca de 2.300 reais, parte em indenização da vítima e o resto com custos de tribunal. Hassan tem um filho de 1 ano e 4 meses, e a esposa está grávida de 4 meses.

034-2.jpg

Fonte: Extra

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Piauí: Polícia acredita que estudante de Direito Fernanda Lages cometeu suicídio

20110930121907.jpg

Durante entrevista concedida ao programa Bom Dia Meio Norte, da Rede Meio Norte, apresentado por Ieldyson Vasconcelos, o promotor de Justiça Ubiraci Rocha disse que dentro da Polícia Civil há a convicção de que a estudante de Direito Fernanda Lages cometeu suicídio.
Segundo ele, se a Cico considerar que Fernanda Lages morreu por suicídio o Ministério Público vai devolver o inquérito para a realização de novas diligências.
O promotor Eliardo Cabral revelou em entrevista que existem articulações para sua saída do caso Fernanda Lages. ´Quem estiver pensando em pedir minha retirada do caso terá que me engolir´, disse o promotor.
Ubiraci Rocha se solidarizou e declarou que abandonaria o caso se Eliardo Cabral se afastasse.
Ubiraci Rocha e o promotor de Justiça Eliardo Cabral afirmaram que não vão aceitar o suicídio porque acreditam que é homicídio.
Promotores de Justiça devolverão inquérito da Polícia Civil apontando suicídio

Os promotores de Justiça Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha afirmaram nesta sexta-feira de que têm convicção de que a estudante de Direito Fernanda Lages, de 19 anos, morta no dia 25 de agosto, foi vítima de homicídio e que devolverão o inquérito da Cico (Comissão de Investigadora do Crime Organizado) afirmando que a universitária foi vítima de suicídio.
´Durante a reunião que tivemos na Secretaria Estadual de Segurança, os peritos e a polícia deram a entender que consideram que a morte de Fernanda Lages foi suicídio´, afirmaram Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha.
Eliardo Cabral afirmou que a reconstituição da morte de Fernanda Lages, realizada na quinta-feira, mostra que ocorreu um homicídio. Ele diz que os sapatos de Fernanda Lages estão em locais diferentes. Um ficou próximo do corpo e sem manchas de tinta preta da parede do mirante da Procuradoria da República e o outro limpo de qualquer manchas.
Ubiraci Rocha declarou que foi solicitado que venha acompanhar o caso de Fernanda Lages um perito criminal da Procuradoria da República no Piauí.


Meio Norte

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Casal é flagrado fazendo sexo em sacada de hotel na Austrália

20110930145213_03.jpg

Cenas ocorreram no sexto andar do hotel La Grande. Várias pessoas presenciaram o momento caliente do casal

G1

Um casal australiano foi flagrado realizando atos sexuais em plena luz do dia na sacada de um hotel em Darwin, na Austrália, na quarta-feira (28), segundo reportagem do jornal "Northern Territory News".

Várias pessoas presenciaram o momento íntimo do casal. O ato ocorreu na sacada do sexto andar do hotel "La Grande".sem-titulo-2.jpg

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Tarado é preso acusado de filmar calcinhas de mulheres usando vestidos em sua locadora.

TARA.jpg

A polícia prendeu por volta das 09h30min desta sexta-feira o dono de uma locadora de vídeo acusado de filmar partes íntimas de mulheres usando vestidos com sua câmera digital. José Edilson Alves do Nascimento, de 41 anos, reside na Rua São Francisco, 1209 (Bairro São Miguel) em Juazeiro do Norte, e foi preso dentro da Loja Esplanada que funciona na Rua São Pedro ao lado da Praça Padre Cícero.
Populares desconfiaram do comportamento dele e avisaram à polícia. Edilson estaria com a máquina fotográfica digital que filma dentro de um capacete se aproximando de mulheres usando vestido com o provável intuito, segundo as investigações, de filmar as calcinhas destas. O Cabo Adalberto acrescentou sobre a existência de imagens de crianças na máquina, mas o acusado se apressou em dizer que são de parentes seus. Quanto as supostas filmagens no interior da loja, o dono da locadora garantiu que o equipamento se encontrava desligado. Tudo está sendo averiguado pela polícia a partir do conteúdo a ser visualizado. Edilson não tem passagens pela polícia, mas existe contra o mesmo uma ação no Conselho Tutelar de Juazeiro que trata de tentativa de estupro durante uma festa. Ele está sob suspeita de ser um pervertido sexual que poderia usar esse tipo de material para masturbação ou disponibilizar a outras pessoas o que vai ser investigado. A polícia apreendeu ainda sua moto Yamaha Factor de cor azul e placa HYW-2508, inscrição de Juazeiro do Norte.

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Superintendente da Funasa convoca S. S. do Umbuzeiro e mais 17 municípios do Cariri para solucionar pendências

bruno_gaudencio_2.jpg

Acontece na primeira terça-feira de outubro (4) às 10h uma reunião no auditório da Superintendência Estadual da Funasa na Paraíba (Suest /PB). Ela será destinada aos municípios que estão com seus convênios na 3ª fase (no departamento de Engenharia) sem que haja aprovação por estarem com pendências técnicas ou falta de documentação.

A reunião terá grande importância, pois até o mês de novembro esses processos devem estar aprovados e recebendo a liberação da primeira parcela dos recursos. Sobre a pena de serem anulados segundo a Nota Técnica Nº 09 emitida por Brasília se não for cumprido o prazo determinado.

Foram convocados os prefeitos de 92 municípios do estado que estão com as contenções em seus convênios. Ficou convencionado que os representantes que não comparecem a reunião terão seus processos arquivados e o convênio cancelado conforme informado em documento oficial de convite enviado as prefeituras.

“Estamos tendo esta iniciativa para que estas cidades não percam suas contemplações e os prefeitos possam realizar as obras de que tanto necessita a população. Assim ainda vamos saber quem realmente tem interesse na continuidade dos mesmos. Desta forma direcionaremos a força de trabalho da Funasa para as cidades realmente interessadas sem que haja desperdício da mão de obra.” destacou o Superintendente Estadual, Bruno Gaudêncio.

Confira a lista de municípios do Cariri convocados e suas pendências:

Alcantil CV-0548/07 e TC/PAC-0119/08
Barra de Santana CV-1523/07
Boqueirao TC/PAC-1531/08
Cabaceiras CV-0715/07
Caraúbas TC/PAC-1532/08
Caturite TC/PAC-1072/08
Congo CV-1133/07 e TC/PAC-0063/08
Gado Bravo TC/PAC-1053/08
Gurjão CV-1372/07 e TC/PAC-0053/08
Juazeirinho TC/PAC-1069/08 e TC/PAC-1070/08
Monteiro TC/PAC-0907/08 e TC/PAC-0295/08
Santo Andre TC/PAC-0284/08São Domingos de Pombal CV-1146/07
São João do Cariri TC/PAC-0309/08
São João do Tigre CV-0555/07
São Sebastião do Umbuzeiro CV-0719/07 e CV-1520/07
Serra Branca CV-0557/07 e TC/PAC-0298/08
Soledade CV-1493/07
Taperoá TC/PAC-0307/08

Com Ascom
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Prefeitura de Taperoá rebate denúncias sobre alunos dividirem banheiro com animais

banheirosujo.jpg

A prefeitura M unicipal de Taperoá, Secretaria Municipal de Educação, vem a público, depois de tomar ciência de uma matéria veiculada em alguns sites com título “MP denuncia que alunos dividem banheiro com animais em Taperoá e Livramento”, esclarecer alguns pontos que podem gerar dúvida em quem ler a nota jornalística.

Veja o que diz a nota:

1 – A matéria que foi veiculada é uma similar do site do MP, (http://www.mp.pb.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2809%3Ainspecao-detecta-diversas-irregularidades-em-escolas-de-taperoa-e-livramento&catid=34%3Agerais&Itemid=1), e que em momento algum cita o nome de Taperoá.

2 – A nota jornalística veiculada coloca os problemas como se fossem comuns entre as cidades de Livramento e Taperoá e em um determinado momento cita uma escola chama João Lelys que teria problemas com animais, dando a entender que se trata de uma escola do município de Taperoá. Não é verdade! Todas as escolas citadas na matéria não têm qualquer ligação com o município de Taperoá.

3 – Houve realmente a visita do membro do Ministério Público e todas as observações feitas foram encaminhadas para a Secretaria e já estão tendo a devida providência. Ressaltando que o MP não constatou qualquer irregularidade de natureza grave, como as que foram mencionadas no pequeno texto jornalístico.

O Município de Taperoá, sabidamente, vem demonstrando que tem compromisso com a educação e o desenvolvimento de cada cidadão taperoaense. As ações e os compromissos têm como foco uma educação de qualidade, que seja realmente sustentáculo para proporcionar um desenvolvimento qualitativo.

Não faz muito tempo que esta gestão reformou suas escolas para poder dar mais conforto aos seus alunos e investiu na aquisição de merenda de qualidade, prestigiando a produção local com a compra de 50% dos agricultores familiares. Ônibus escolares foram comprados para transportar alunos da zona rural para a cidade, evitando assim que a criança fique fora da escola.

A Universidade aberta que foi buscada pelo município está recebendo um prédio novo, todo reformado, com auditório, sala de informática, banheiros amplos e será inaugurado em breve. A universidade presencial, uma lutada de toda a sociedade, passou a ser a luta dessa gestão. Estamos imbuídos nesse desejo que Taperoá tenha duas Universidades, a virtual e a presencial.

Cariri Ligado

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Jornalistas do Correio da Paraíba são agredidos no Cariri

sistemacorreio.jpg

Uma equipe de reportagem do jornal Correio da Paraíba (Sistema Correio de Comunicação), foi hostilizada, ontem, durante a produção de uma matéria na Fundação Hospitalar de Soledade, no Cariri paraibano. Os acusados de agredirem os jornalistas são o coordenador da unidade, Aderaldo e o guarda civil Valmir Bispo. A equipe formada por um repórter, um cinegrafista e um motorista, chegou ao hospital para fazer a reportagem sobre atendimento a saúde publica no interior do Estado, assim como já havia feito em várias outras cidades do Estado. No entanto, a recepção em Soledade foi marcada por uma série de constrangimentos. A equipe foi impedida de entrar na Fundação, que é pública e ainda foram xingados pelos dois funcionários. Após o constrangimento, os jornalistas conseguiram o direito de entrar no hospital e concluir o trabalho. A equipe do Correio fez um Boletim de Ocorrência na delegacia da cidade e os acusados poderão responder pelo crime de constrangimento ilegal.

Os jornalistas chegaram ao hospital de Soledade por volta das 14h30. Eles já tinham passado por outras cidades como Serra Redonda, Massaranduba e Juazeirinho. Em todas essas cidades, a equipe foi bem atendida, porém em Soledade, a situação caótica do hospital e a ignorância dos dois funcionários foram fatores negativos para a imagem da cidade.

Segundo o motorista da equipe, Roberto Lima, que evitou falar mais para não atrapalhar a reportagem, ao chegar ao hospital, os três profissionais se identificaram e disseram motivo da reportagem, mas o coordenador Aderaldo não os deixou entrar e alegou estar estressado por conta da falta de médicos. “Nos identificamos, assim como é nossa obrigação e mesmo assim ele foi grosso e nos mandou ir embora porque não tínhamos o que estar fazendo lá. Ele disse que estava muito estressado com os pacientes porque eles queriam médicos e o hospital não tinha e a nossa equipe estaria perturbando ainda mais ele. Nos dissemos que não tínhamos nada a ver com a falta de médicos no hospital e depois chamaram um guarda municipal para nos expulsar do local. O guarda gritou conosco e ainda nos chamou de jornalistas medíocres e de empresinha pequena e ficou alegando que se fosse a empresa concorrente, eles deixariam entrar”, contou.

Após o constrangimento e os insultos sofridos, os jornalistas foram até a secretaria de saúde e após conversa com o secretario José Evanilson, ele pediu desculpas e mandou que os repórteres voltassem ao hospital e executassem a matéria. No hospital, a equipe do Correio da Paraíba constatou as irregularidades. “Não podemos adiantar o teor de nossa matéria, porque estamos apurando. A reportagem será publicada na edição do próximo domingo e lá todos poderão acompanhar o trabalho que fizemos em todas as cidades que o Coren no adiantou. Sobre o caso de Soledade, infelizmente fo um constrangimento, e cada vez mais percebemos que a imprensa enfrenta dificuldades para exercer seu trabalho. Temos direito de liberdade de expressão e além do mais, o hospital é público. Mas vamos deixar isso para justiça resolver”, afirmou o repórter Daniel Motta.

Os jornalistas prestaram queixa na delegacia de polícia civil e o Boletim de Ocorrência foi lavrado de acordo com o crime de Constrangimento Ilegal.

Cariri Ligado

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Grevistas dos Correios exigem pagamento dos dias parados e travam negociação

grve-correios-300x225.jpg

Depois de mais uma rodada de negociações entre a direção dos Correios e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores não aceitaram a proposta da estatal de descontar os dias parados. Pela proposta, seria descontado um dia de paralisação por mês. A greve continua por tempo indeterminado.

Segundo Saul da Cruz, do comando de negociações da Fentect, a proposta foi recusada porque os trabalhadores não aceitam nenhuma forma de desconto dos dias não trabalhados. “Virou uma queda de braço. Os trabalhadores não aceitam os descontos, mas aceitam repor os dias, trabalhar para colocar o serviço dos Correios em dia”.

A empresa manteve a proposta de aumento linear de R$ 80 a todos empregados, reajuste salarial e dos benefícios em 6,87% e abono imediato de R$ 500. Segundo a empresa, os valores representam 9,9% de ganho real no salário-base inicial de agente de correios.

O representante dos trabalhadores disse que a proposta da estatal até poderia ser levada à discussão com a categoria se não estivesse atrelada ao desconto dos dias parados. Os trabalhadores reivindicam aumento linear de R$ 200, reposição da inflação de 7,16% e aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635. A categoria também exige a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público dos Correios.

Agência Brasil
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Foto de ‘encarnação anterior’ de Jonh Travolta é colocada a leilão

1317398373682-travolta.jpg

Uma foto de 1860 da suposta encarnação do ator Jonh Travolta, de 57 anos, foi colocada a leilão no site eBay por um colecionador canadense. A imagem do homem, semelhante ao ator, évendida por US$ 50 mil.

De acordo com o jornal Daily Mail, o colecionador afirma que não manipulou a foto e que ela permanece igual à época em que foi registrada, há mais de 150 anos. O homemacredita que a imagem é do astro de Hollywood muito jovem.

Travolta é adepto da Cientologia, que crê na reencarnação. Recentemente, o site americano também leiloou uma foto, tirada na Guerra Civil, de um homem bem parecido com Nicolas Cage.

O Dia Online

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Professora arranca cabelos de aluno e faz boneco vodu para ameaçar classe

20110930115303.jpg

Uma professora de Shropshire, na Inglaterra, foi proibida de lecionar por quatro anos. A ´educadora´ foi suspensa de suas atividades por ameaçar seus alunos fazendo bonecos de vodu dos pequenos para ameaçá-los.

Roslyn Holloway, de 49 anos, arrancou cabelos de uma das crianças, envolveu em torno de um boneco e disse às classe que caso a miniatura caísse na água o aluno, que tem necessidades especiais, se afogaria. Todo esse terrorismo era o método usado pela professora para fazer a criançada ficar em silêncio. Os pequenos, aterrorizados, obedeciam.

Em mais de uma ocasião a professora utilizou a ´tática´ de apavorar seus alunos. Além das ameaças com magia negra, Roslyn ainda costumava chamar algumas das crianças por apelidos nada carinhosos como ´negrinho´.

Até que um dia, depois de arrancar um tufo de cabelos de um dos alunos para que ´ele parasse de falar´, ela disse que a criança nunca seria beijada, pois era um ´sapo grande e peludo´, mas alguém do Conselho Geral de Ensino escutou… O resultado? Ela foi afastada.

Segundo a vice-diretora da escola, a professora não fazia nada de mais, era apenas franca. “Ela achava que este era o tipo de nome era algo natural para chamar alguém. Não acredito que ela esteja arrependida de fazer isso”, disse Anne Lyons ao Daily Mail.

A professora foi formalmente advertida pela polícia e foi a julgamento nesta segunda-feira (26) em Birmingham. Ela admitiu a acusação de não conseguir colocar o bem-estar e progresso das crianças em primeiro lugar e que suas ações e comportamento inadequados deixaram as crianças vulneráveis.

´Ela não era uma novata, tinha conhecimento de que este era um comportamento inaceitável. Ela violou completamente o código de conduta. Decidimos proibir a atuação da sra. Holloway para proteger os alunos e a reputação da profissão´, disse o presidente do conselho, Max Hyde.

UOL
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro