Promotor ironiza gays em documento de caso de homicídio

mp-es.jpg

Após escrever em uma denúncia que um policial civil deveria melhorar sua mira e mandar um ladrão para o inferno, o promotor Rogério Leão Zagallo, cunhou novas expressões polêmicas. Agora, a denúncia de homicídio envolve dois homossexuais.

Conforme o documento assinado por Zagallo, do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, a vítima e o réu se conheceram em uma boate frequentada por pessoas ´modernas e abertas a novas experiências, sobretudo aquelas ardentes e capazes de ruborizar aos mais indiferentes moais da Ilha de Páscoa´.

O réu é o segurança Fábio Luiz dos Santos, 29. A vítima, o agente de modelos Jefferson Garbeline, 34, o Jeff. A denúncia, aceita pela Justiça, foi feita em abril deste ano e o crime ocorreu em março do ano passado.

O promotor escreveu ainda que Jeff era um ´homossexual cheio de entusiasmo, de ardor e de vivacidade´ e que levou o segurança para sua casa porque queria ser ´penetrado´por ele.

OUTRO LADO

Procurado anteontem, Zagallo não quis se manifestar. A assessoria de imprensa do Ministério Público informou que o promotor já está sendo investigado pela Corregedoria da instituição.

A investigação começou na semana retrasada, depois de a Folha revelar que o promotor sugeriu para um policial melhorar sua mira para mandar bandido para o inferno. Nesse caso, o policial foi assaltado por dois homens armados e, ao reagir a disparos, matou um dos ladrões.

Folha.com

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Anúncios

Músico de banda de pagode é executado a tiros

20111002114558.jpg

Um músico da banda de pagode No Styllo foi morto a tiros no final da noite da última sexta-feira (30) no bairro de Cajazeiras VI. Segundo informações de Jorge Luis, produtor da banda, Sandro de Souza Santana, 28 anos, morava em Águas Claras e tocava cavaquinho.
Ainda segundo o produtor, tudo aconteceu quando Sandro saiu de sua casa, de moto, e foi ao encontro dos amigos em Cajazeiras para irem, de carro, tocar em um espaço no bairro de Pirajá.
Ao chegar na rua do Campo e encontrar os colegas, dois homens armados, ainda não identificados, chegaram em um Gol preto e pediram aos amigos de Sandro para virar de costas, disparando em seguida contra o músico. O crime aconteceu por volta das 21h50 e os atiradores fugiram depois, aparentemente sem levar nada. A vítima morreu no local.

´Estou surpreso até agora, porque estávamos esperando ele em Pirajá, onde fazemos nossos ensaios toda sexta-feira´ disse o produtor, que completou ´Ele era uma pessoa tranquila, não era de briga, não era de farra, acima de qualquer suspeita´. Os amigos não sabem o que pode ter motivado o crime.
O corpo de Sandro, que também trabalhava em uma vidraçaria chamada Vidroca, foi enterrado na tarde de ontem no Cemitério Campo Santo.
A banda se apresenta neste sábado em Feira de Santana e Santo Estévão. ´Vamos fazer o show porque é contrato, temos que cumprir. Mas vamos fazer um minuto de silêncio e dedicar o show a ele´ afirmou Jorge.
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Correio da Paraíba

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Maranhão ironiza RC e aponta fatores que vão derrubar o socialista em 2014

Jose_Maranhao.jpeg

Críticas do chefe executivo foram feitas durante convenção do PMDB na cidade de Patos

O ex-governador José Maranhão ironizou o Governo Ricardo Coutinho durante a convenção do PMDB na cidade de Patos, neste domingo (2).

O cacique do PMDB classificou a administração socialista como o Governo do “Sem”. “Sem obras, sem serviços, e sem povo”, disparou o ex-chefe do executivo.

Maranhão insinuou que o atual governador está administrando "de costas" para o povo e por isso tem levado ao surgimento de duas legiões de cidadãos paraibanos: “os que votaram errado e os que estão convencidos que fizeram o melhore essas duas vertentes tendem a se juntar", afirmou.

“Isso é o bom da democracia porque quem ganha e se distância dos compromissos do Estado é candidato a perder a próxima eleição.”, finalizou o chefe do executivo estadual.

MaisPB

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Câncer de mama é responsável pela morte de 1.538 pessoas na PB nos últimos 10 anos

thumb.JPG

De acordo com os dados dos Sistemas de Informações sobre Mortalidade (SIM) e de Nascidos Vivos (Sinasc) desde 2001, na Paraíba, 1.538 pessoas morreram por causa do câncer de mama sendo que 1.512 foram mulheres o que representa98,28% do total.
Para alertar sobre as formas de prevenção e combate a doença, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, em parceria com a com a ONG Amigos do Peito, Rede Feminina de Combate ao Câncer, e de médicos especialistas em mastologia e diagnósticos por imagem estará realizando a partir desta segunda-feira (4) um evento denominado de “Outubro Rosa”.
Todos os anos, desde 1997, o mês de outubro é considerado mundialmente o mês de combate ao câncer de mama. É nesse período, o “Outubro Rosa”, que são feitas ações de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce para ampliar as chances de cura para a doença.
Em João Pessoa, haverá uma campanha estimulando a prevenção do câncer de mama com rodas de conversas e atendimento especializado para mulheres na Penitenciária Feminina Júlia Maranhão, Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, e Maternidade Frei Damião. Além disso, haverá também caminhadas, abraço na lagoa, distribuição de material educativo e de orientação, ações em shoppings da capital e divulgação do evento com a iluminação em alguns pontos da cidade, bem como com a utilização de meios de comunicação e mídias digitais.
A diretora do Centro de Diagnóstico do Câncer (CDC), Roseane Machado, destacou a importância da mobilização social para a redução da mortalidade por câncer de mama no Estado. “Todos precisam abraçar esta causa. Precisamos estar atentos e vigilantes para que haja o diagnóstico precoce e seja adotado um tratamento eficiente para a cura da doença”, disse.
Na Capital, o hospital de referência para o diagnóstico e tratamento do câncer é o Hospital Napoleão Laureano e, em Campina Grande o Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande.
A idealizadora da ONG Amigos do Peito, Joana Marisa, ressaltou o engajamento de toda população na luta pela saúde e prevenção da doença. “Precisamos todos nos unir para conscientizar as pessoas sobre o combate ao câncer de mama. O Outubro Rosa é o momento de todas as pessoas se unirem em todo o mundo para lutar pela vida”, destacou.
Programação – No dia 4, às 19h, acontecerá a abertura oficial das atividades do Outubro Rosa na Estação Ciência, Cultura e Artes, no Cabo Branco, em João Pessoa. Acontecerá palestra e apresentações do Coral e Banda Toque de Classe. No dia seguinte, a partir das 14h, acontecerá uma roda de conversa e serão realizados exames com as mulheres na Penitenciária Feminina Júlia Maranhão, em Mangabeira.
No dia 7, haverá uma atividade educativa sobre a prevenção do câncer de mama na Maternidade Frei Damião e também realização de exames, a partir das 14h. No dia 10, a programação será na Fundação Casa de José Américo, a partir das 8h.
Já no dia 19 acontecerão dois eventos: às 8h acontecerá uma palestra no auditório da Energisa e, a partir das 16h, haverá um grande abraço em torno da lagoa do Parque Solón de Lucena.
O “Dia do Amigo do Peito” será no dia 29, a partir das 8h acontecerão eventos direcionados para mulheres previamente triadas por apresentarem sintomas. No encerramento do mês de campanha, no dia 30, acontecerá a caminhada do “Amigos do Peito”, que partirá do Busto de Tamandaré, em Tambaú, às 7h30, e seguirá até o Jangada Clube.
Durante o Outubro Rosa também acontecerão ações de conscientização da população sobre a prevenção do câncer de mama, como pit stops nas principais avenidas de João Pessoa e nas cidades do interior, tarefas educativas em escolas, panfletagem em feiras livres como as de Oitizeiro e Torre, aos sábados. As ações também terão a participação da primeira-dama do Estado e madrinha do Programa Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas (PEPD-PB), Pâmela Bório, e da secretária Executiva da SES, Cláudia Veras.
Empresas como o Instituto Avon também participarão do mês de campanha na Paraíba. O Shopping Tambiá também aderiu à Campanha e, durante todas as quintas-feiras do mês de outubro, promoverá as “Quintas Rosas”, quando serão distribuídos panfletos e materiais educativos. Também nesses dias, das 11h30 às 13h30, um médico especialista receberá a população para tirar dúvidas sobre o câncer de mama.
Além da programação das instituições parceiras, a população também participam da campanha aplicando a cor rosa em suas próprias residências, com faixas e bandeiras, assim como no trabalho.
A campanha – O Outubro Rosa é um movimento mundial, nascido em 1997, nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia (EUA). O movimento tem por objetivo dar visibilidade às iniciativas de enfrentamento do câncer de mama e promover a consciência sobre a importância do diagnóstico precoce para ampliar as chances de cura para a doença.
O movimento caracteriza-se por imprimir a cor rosa – que marca a luta contra o câncer de mama e também está presente no laço, símbolo da campanha – aos ambientes de acesso público. Tradicionalmente o Outubro Rosa tem sido marcado pela iluminação em rosa de prédios e monumentos; pela pintura de muros, calçadas, bancos de praças; pela mudança de cor dos ambientes de sites de empresas e organizações em geral; e outras ações criativas.
Mundialmente, a campanha já iluminou a Torre de Pisa, na Itália; o Arco do Triunfo, em Paris; a Casa Branca, em Washington; e o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro; entre inúmeros outros prédios e monumentos.
Em 2008, o Brasil aderiu à campanha e, com realização da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), foram iluminados o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, a Pinacoteca, em São Paulo, a Ópera de Arame, no Paraná, o memorial Jucelino Kubchek, em Brasília e o Palácio Piratini e a torre da Usina do Gasômetro no Rio Grande do Sul.
A razão de mobilizar para o Outubro Rosa está relacionada aos números da doença. Embora o câncer de mama seja uma doença curável se detectada em seus estágios iniciais, entre 1979 e 1999, a taxa bruta de mortalidade por câncer de mama no Brasil experimentou um aumento de 69% (de 5,77 para cada 100 mil habitantes em 1979, para 9,75 na mesma proporção, em 1999).
As políticas de rastreamento mamográfico a partir dos 50 anos têm contribuído para reduzir o percentual de cânceres diagnosticados nos estádios 3 e 4. No entanto, a baixa cobertura mamográfica (41,2% nos últimos dois anos) e a falta de informação por parte da sociedade de um modo geral e das mulheres, em particular, além da pouca sensibilização dos profissionais da saúde para uma atenção mais dedicada à detecção precoce não permitem um impacto na redução das taxas de mortalidade.
Para a secretária executiva da SES, Cláudia Veras, é importante a mobilização em função do combate ao câncer de mama. “Para nós da Secretaria, considerando a magnitude do perfil de morbidade e mortalidade da população feminina no Brasil e no Mundo, a parceria com a sociedade civil organizada, com profissionais de saúde e essencialmente a população, são fundamentais para que esta mobilização tenha êxito. A SES tem o compromisso de organizar, juntamente com os municípios paraibanos, a rede de serviços de saúde, a partir das necessidades de saúde da população. Sabemos que a atenção oncológica é importante e precisa ser expandida para o interior do Estado. Estamos trabalhando nessa perspectiva”, afirmou.

FONTE: Paulo Cosme
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Luis Fabiano é discreto, São Paulo perde para o Fla e Adilson leva vaia da torcida

thumb%252520%2525281%252529.JPG

Luis Fabiano deu uma cara nova ao São Paulo, mas não conseguiu balançar as redes em sua estreia discreta. E o jogo não poderia ter terminado pior para o Fabuloso, já que o time tricolor perdeu para o Flamengo por 2 a 1 e se afastou ainda mais da liderança do Brasileirão. Ele saiu no meio do segundo tempo e viu o torcedor hostilizar o técnico Adilson Batista em sua defesa.

Com o empate do Vasco contra o Corinthians por 2 a 2, a diferença do São Paulo para o líder do campeonato aumentou para quatro pontos (50 a 46). O Flamengo conquistou uma importante vitória que o manteve na briga pelo título (sexto com 44 pontos).

O Morumbi ficou lotado no jogo que marcou a reestreia de Luis Fabiano com a camisa do São Paulo (64 mil pessoas) e o aniversário de 51 anos do estádio.

O Fabuloso até que teve chances de balançar as redes, mas nas duas oportunidades que levou perigo ao gol do Flamengo, Felipe evitou os gols. O goleiro flamenguista, ao lado do são-paulino Rogério Ceni, foi o destaque da partida na tarde chuvosa no Morumbi.

O veterano arqueiro do São Paulo parou pelo menos três chances claras do atacante Deivid, e evitou que a vitória do Flamengo fosse por uma diferença ainda maior. Rogério Ceni nada pôde fazer na cabeçada certeira de Thiago Neves, que foi o único gol da partida, quando o time tricolor tinha um a menos porque Lucas foi expulso bobamente ao receber o segundo cartão amarelo. “Errou nos dois cartões. Tem que respeitar a opinião dele”, se resignou a dizer o jogador.

O gol do Flamengo aconteceu pouco depois de Adilson Batista ter trocado Luis Fabiano por Carlinhos Paraíba para recompor o meio campo perdido pela expulsão de Lucas, o que gerou mais revolta do torcedor são-paulino.

O que parecia uma inevitável derrota do São Paulo mudou de figura após a expulsão de Willians. Adilson rapidamente colocou Rivaldo em campo (Henrique já havia entrado) em busca do empate, que veio em belo gol de Dagoberto.

Mas o Flamengo, de forma despretensiosa, conseguiu a vitória. Renato Abreu deu um chute sem muita força da intermediária, mas a bola desviou em Carlinhos Paraíba e enganou Rogério Ceni: 2 a 1 que calou a torcida do São Paulo no Morumbi.

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Padre Marcelo diz que Fábio de Melo se expõe demais e fala besteiras em shows

marcelo-rossi-e-fabio-de-melo.jpg

Em entrevista ao Jonal da Tarde, padre Marcelo Rossi fez algumas revelações sobre o assédio das fãs e comentou sobre o comportamento do seu colega o padre Fábio de Melo. Confira o post…

O Padre Marcelo Rossi disse durante uma entrevista ao “Jornal da Tarde”, que foi pedido em casamento por uma menina de 20 anos recentemente e comentou sobre as fãs mais “animadinhas”. “Outro dia, estava fazendo uma dedicatória quando chegou uma menina de uns 20 anos, me pedindo em casamento”.

Segundo o Padre tudo não passou de uma brincadeira, mas revelou que as vezes algumas pessoas se aproximam com más intenções. “Ela chegou e me pediu em casamento. Era uma brincadeira, sem maldade. Mas, às vezes, eu vejo uma má intenção. Eu já vivi o outro lado, sei quando uma pessoa olha com outra intenção. Eu trato bem, mas me afasto”.

Além disso, o padre revelou que não apoia a postura do colega de profissão, Fábio de Melo. “Não concordo com ele. Sempre falei isso. Quero que ele seja feliz, mas acho que ele se expõe demais, fala besteiras desnecessárias para algumas meninas nos shows”.

Padre Marcelo também criticou o fato do colega cobrar cachê. “Falei disso para ele uma vez. Como não tive uma resposta positiva, eu respeito, deixo que ele seja abençoado. Ele faz outro tipo de trabalho, cobra cachê. Eu não faço isso”.
(Com informações do site Ego)

post inforgospel.com.br – via Bond

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Correios garante que grevistas terão pagamento cortado

correios-greve-300x214.jpg

Os Correios (ECT) entendem que a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 10º Região, que proibiu o corte do ponto dos grevistas, não vale para todo o país. Por meio de nota, a estatal alega que a decisão vale apenas para Distrito Federal e Tocantins, as duas unidades da Federação que integram a 10ª Região. Argumenta, ainda, que uma decisão de caráter nacional só pode sair do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

A empresa também informa que não foi notificada de qualquer decisão judicial que impeça o desconto dos dias parados dos grevistas (em caráter nacional) e que, atualmente, há mais de 20 ações judiciais em diferentes estados com decisões divergentes sobre o desconto. “Nas localidades em que a decisão é desfavorável à empresa, a ECT está providenciando recurso para reverter a situação”, diz trecho da nota.

De acordo com os Correios, no Rio de Janeiro e em São Paulo – cidades que reúnem o maior efetivo da empresa – o não pagamento dos dias parados está mantido por decisão judicial. “A decisão desse tribunal [TRT da 10ª Região] não pode se sobrepor à de outros tribunais que tiveram decisões diferentes”.

O argumento dos Correios é contestado pelo advogado da Federações Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), Rodrigo Torelly. Ele defende que a decisão do desembargador Mário Macedo Caron, do TRT da 10ª Região, é nacional, uma vez que a ação foi proposta pela federação em nome de toda a categoria, com a autorização dos 35 sindicatos filiados.

“Impetramos mandado de segurança em nome da federação, subsitutindo a categoria toda”, disse o advogado, lembrando que a multa que o desembargador determinou para o caso de descumprimento da decisão é relativa à folha nacional de pagamentos dos Correios.

JB Online

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Dunga diz que não põe a mão no fogo por CBF, Teixeira e equipe da Rede Globo

dunga-brasil-300x200.jpg

O técnico da seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010 quebrou o silêncio. Em sua primeira grande entrevista após a queda traumática diante da Holanda, no ano passado, Dunga falou sobre os atritos que teve com a imprensa e que não põe a mão no fogo pela CBF, por Ricardo Teixeira e pela maior parte da equipe da Globo.

A conversa de mais de uma hora e meia teve o jornalista Jorge Kajuru, do Esporte Interativo, como interlocutor. No longo papo, que vai ao ar às 23h da próxima terça-feira, Dunga defendeu seu trabalho à frente da seleção e rebateu parte das críticas que sofreu.

No tradicional quadro do programa Kajuru Pergunta, ele disse que não colocaria a mão no fogo por Ricardo Teixeira, CBF, Fifa, Galvão Bueno, Falcão e Casagrande. Da equipe da Globo, só salvou Fátima Bernardes, explicando que só falou com a apresentadora do Jornal Nacional antes de ir à Copa e que nunca a deixou 40 minutos esperando pela resposta para uma entrevista, como especulou-se.

Ronaldinho Gaúcho, que recentemente disse ao CQC, da Band, que daria um carrinho “para machucar” em Dunga, também entrou na lista. Além de dizer que não põe a mão no fogo pelo flamenguista, o ex-técnico da seleção disse que deu ao ex-melhor do mundo as chances para a reabilitação.

Desde a sua saída da seleção, Dunga viu o cenário de clausura imposto na África do Sul se abrandar. Na tentativa de reaproximar-se da Globo, a CBF voltou a liberar entrevistas exclusivas dos atletas a serviço do Brasil, agora sob o comando de Mano Menezes.

Uol
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Ex-ministro visita Casa do Estudante e elogia esforço do Governo de manter a instituição

20111002140308_03.jpg

"Um momento importante na minha vida é saber que isso aqui não vai fechar”, declarou o ex-ministro da Fazenda, Mailson da Nóbrega, durante visita à Fundação Casa do Estudante, na Rua da Areia, no Centro Histórico de João Pessoa. Quando ainda freqüentava a escola, Mailson morou quatro anos na instituição que dá suporte a alunos carentes: "Sou muito grato a essa casa pelo que sou hoje na vida”, disse.

Por volta das 11h desse sábado (1), Mailson Nóbrega, acompanhado do irmão, Milton, e de um sobrinho, chegou à Casa do Estudante onde foi recebido pelos diretores Othon Gama e Priscilla Gomes, por funcionários e internos.

Interou-se da atual situação e soube que o Governo do Estado providenciou a recuperação de vários setores, afastando rumores de que a tradicional instituição seria fechada por ordem do Ministério Público e da Vigilância Sanitária, devido às condições de funcionamento. As reformas determinada à Direção da casa conseguiram sanar os problemas em vários setores.

No local onde foi acolhido por quatro anos o ex-ministro da Fazenda conversou com funcionários, viu a sua assinatura no livro de internos e ainda gravou um documentário. A visita durou cerca de duas horas.

Relembrando sua estada na antiga Casa do Estudante, hoje Fundação Casa do Estudante, Mailson disse que sua chegada ao local deu-se por causa de um acidente ocorrido com seu pai. Ele e o irmão, Milton, estudavam no Colégio Lins de Vasconcelos e conseguiram se internar naquela casa no Governo de Pedro Gondim.

Durante os momentos em que visitou a Casa do Estudante, Mailson fez vários relatos relembrando sua passagem, até 1964 quando saiu após ser aprovado no concurso do Banco do Brasil. "Estou bastante emocionado, principalmente pelo que estou vendo hoje. Tenho a certeza que o Governo do Estado vai dar o valor que esta casa merece", enfatizou o ex-ministro.

Da Redação com Secom-PB

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Avião que saiu de Ponta Porã cai em Marabá Paulista e mata quatro pessoas

1317558359800-aeroporto-de-campinas-300x198.jpg

Um avião modelo Bonanza, que partiu de Ponta Porã com destino a Campinas, no interior de São Paulo, caiu em uma fazenda do município de Marabá Paulista por volta das 21h30 deste sábado (01).

A bordo estavam quatro pessoas que morreram: o empresário Ângelo Rafaeli D’elia, de 51 anos, que pilotava a aeronave, os filhos Bruna D’Elia e Rafael Ângelo, de 18 e 12 anos, e Syhlvia Katheiny Torreta, amiga de Bruna.

Ângelo é dono de uma empresa de pneus em Valinhos, na região de Campinas (SP). Informações preliminares também indicam que o avião, que seguia para Campinas, precisou mudar de rota por conta da indisposição de um dos passageiros, e pretendia um pouso de emergência em Presidente Prudente (SP).

Segundo noticiado pelo site da EPTV, os policiais e o corpo de bombeiros chegaram ao local do acidente depois que moradores ligaram dizendo terem visto uma grande explosão na região. Ainda segundo testemunhas, chovia forte na hora do acidente.

O trabalho de buscas e remoção de corpos foi realizado durante a madrugada deste domingo (02). a previsão era que, pela manhã, técnicos do Departamento de Aviação Civil dessem início ao trabalho de perícia. Ainda não se sabe o que causou o acidente. Familiares das vítimas seguiram para marabá Paulista para o reconhecimetno e liberação dos corpos.

Fonte: Midiamax
images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

DEU ÁGUIA: STF nega liminar e barra a PEC 300 dos PMs da Paraíba

20111002112359_03.jpg

A Ministra Cármen Lúcia indeferiu pedido de liminar, mantendo a decisão que anulou as leis. Os policiais esperavam que a chamada PEC 300 fosse cumprida pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), já que a lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo então governador José Maranhão (PMDB)

A chamada ‘PEC 300’ dos policiais paraibanos foi barrada no Supremo Tribunal Federal (STF). A ministra Cármen Lúcia indeferiu pedido de liminar para suspender a decisão da Justiça paraibana que anulou os efeitos da lei, sancionada pelo ex-governador José Maranhão (PMDB). A decisão foi proferida na Reclamação ajuizada no Supremo pelo policial militar Brenner Nunes de Castro.

Os policiais esperavam que a chamada ‘PEC 300’ fosse cumprida pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), já que a lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo então governador José Maranhão.

A lei foi questionada na Justiça pelo Ministério Público Estadual, que ingressou com uma ação civil pública pedindo a nulidade da chamada ‘PEC 300’. A ação foi julgada procedente pelo juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, Antonio Eimar.

Ao ajuizar a Reclamação no STF, o policial Brenner Nunes de Castro alegou que o Juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública, ao declarar a nulidade das Leis 9.245/10, 9.246/10 e 9.247/10 usurpou a competência do Supremo Tribunal Federal.

– Pois é pacífico o entendimento desta Suprema Corte sobre a impossibilidade da sentença, na Ação Civil Pública, declarar inconstitucionalidade, que equivale a nulidade, com efeito ‘erga omnes’, atingindo aqueles que não foram parte no processo e produzindo efeitos idênticos a uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, uma vez que a norma perderá toda sua eficácia – justificou.

Ele pediu que fosse deferida a medida liminar, suspendendo-se os efeitos da decisão monocrática proferida pelo Juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública de João Pessoa nos autos da Ação Civil Pública nº 200.2011.002.668-5, ou de qualquer outra decisão que venha a lhe substituir e que seja no mesmo sentido.

A ministra Cármen Lúcia, no entanto, indeferiu o pedido, conforme consta na última movimentação registrada no processo (RCL 12332) no site do Supremo Tribunal Federal.

Da Redação com Jornal da Paraíba

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Paraibano assumirá Banco da Amazônia e quer minimizar riscos nos investimentos

201110021219170000004645.jpg

Ex-secretario de Administação da Paraiba, tem passagem por Roraima e Bahia

“A missão de quem assume uma diretoria como a minha é de tentar, buscar minimizar os riscos dos investimentos e otimizar os recursos do banco”, declarou, em entrevista, o novo diretor de Contro e Riscos do Banco da Amazônia, economista paraibano Carlos Pedrosa, neste domingo em João Pessoa.

Casado com Marilda, Carlos Pedrosa toma posse na próxima terça-feira no Ministério de Planejamento, depois de ter sido eleito pelo Conselho de Administração do banco como representante do Estado de Roraima, onde foi Secretario de Fazenda. Ele também já comandou a Secretaria de Administraçao da Paraiba e foi da Secretaria de Educação da Bahia.

Na entrevista, ele informou que vai por em prática seu conhecimento na área, desde quando de sua pos-graduaçao, e se considera adaptado aos processos econômicos do Norte do Pais, onde já residiu por muitos anos.

– Estamos tranqüilos e vamos dar nossa contribuição com muita dedicação ao desenvolvimento sustentável da Amazônia – declarou.

Walter Santos
WSCOM Online

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

RACHA NO SERTÃO: Carlos Antonio admite aliança com o grupo Abreu

20111002123635_03.jpg

O ex-prefeito de Cajazeiras revela que já recebeu várias visitas de familiares do deputado Vituriano de Abreu (PSC). Carlos Antônio (PSDB) admitiu a formação de uma aliança com o grupo político do parlamentar que é seu ferrenho opositor na região há cerca de duas décadas. O tucano já lançou sua pré-candidatura a prefeito

O ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio (DEM), em entrevista a imprensa local, neste final de semana, fez uma revelação que surpreendeu os sertanejos, ao falar das novas alianças para as eleições municipais de 2012, onde vai disputar novamente a prefeitura da cidade.

De acordo com declarações do ex-gestor, pode ser formada uma aliança com o grupo político do atual deputado Vituriano de Abreu (PSC), seu ferrenho opositor há cerca de duas décadas.

Carlos Antonio afirmou ainda, que está recebendo de forma continuada, visita de aliados do parlamentar e até de familiares, que estão manifestando apoio a sua candidatura. Ele já admite uma possível aliança com Vituriano para o próximo pleito.

“Estamos recebendo de forma continuada inúmeras pessoas, familiares que já demonstraram suas manifestações em nos apoiar”. Revelou o ex-prefeito

Ele disse ainda, que vai agregar o maior número de aliados possíveis, que estejam comprometidos com o desenvolvimento da cidade.

“Eu tenho dito que queremos fazer um Governo de todos, um Governo onde todas as pessoas serão bem vindas para contribuir para a volta do crescimento da cidade. Não podemos nos utilizar de nenhum modo de segregação nem de restrição a qualquer nome”. Disse Carlos Antonio.

Da Redação com Diário do Sertão

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Francesas seminuas realizam Marcha das Vadias pelas ruas de Paris

20111002115550_03.jpg

Aproximadamente 100 mulheres participaram neste sábado (1º), em Paris, de uma “Marcha das Vadias” para protestar contra o machismo e o ato de culpar as vítimas de agressões sexuais.

Vestidas com saias curtas, shorts e, em alguns casos, com seus sutiãs a mostra, as manifestantes levaram balões vermelhos em forma de coração em um desfile desde Montparnasse até a Place du Pantheon. Elas carregavam uma faixa escrita “um estupro jamais é consentido, nem provocado, e nunca a culpa é da vítima”.

“Estou aqui porque estou farta de escutar frases desagradáveis no telhado quando me visto bem, ou que apertem minha bunda nas festas. Somos mulheres, temos seios e bunda e não existe motivo para esconder”, explicou Flora Birster, uma estudante de 20 anos, com um vestido decotado.

“Nenhuma forma de violência ou violação é aceita, desculpável ou tolerável. Ninguém pode nos dizer como nos vestir”, afirmou Marie Surgeres, 33 anos, que disse ter sido vítima de estupro.

“O caso Strauss-Kahn revelou o machismo de nossa sociedade. Mas a ‘slutwalk’ [marcha das vadias] nasceu fora deste caso”, disse Gaelle Hym, líder nacional da organização Slutwalk na França.

A “Slutwalk” é um conceito que nasceu em Toronto no mês de abril em resposta “às declarações machistas de um policial” que investigava uma série se estupros em uma universidade, segundo uma partidária da Slutwalk francesa.

– Durante uma reunião de prevenção, este policial aconselhou as mulheres de não se vestirem como ‘sluts’ [vadias] se não quisessem ser estupradas.

A organização afirma que na França 137 mulheres são estupradas diariamente, e a cada dois dias e meio uma mulher morre vítima de violência doméstica.

Da AFP

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Carro de ex-vereador campinense pega fogo na BR 412

carro_queimada.jpg

Por volta das 13hs deste sábado (01), um veículo do tipo Van pertencente ao ex-vereador campinense Péron Japiassu pegou fogo na entrada para o município de Gurjão, na BR 412.

O ex-parlamentar não estava no carro e encontrado por nossa reportagem em plena rodovia informou que o veículo trazia familiares seus para uma fazenda de sua propriedade, localizada próximo ao município de Sumé.

A causa real do incêndio ainda não foi identificada, mas a suspeita é de que a mangueira de combustível do veículo partiu e o carro começou a pegar fogo. As chamas, no início da tarde deste sábado, já tomavam conta da mata que fica às margens da BR.

O carro vinha trazendo pouco mais de 5 pessoas, mas ninguém saiu ferido.

De Olho no Cariri

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Dois são presos com motor roubado de carro oficial do Governo da PB

bptran.jpg

Homens confessaram o crime e disseram que venderiam objeto por R$ 200.
Prisão foi realizada na noite do sábado, por volta das 23h.Motor foi roubado de veículo oficial do Governo da Paraíba (Foto: Pereira Júnior/1ºBPM)

Dois homens foram presos na noite deste sábado (1º) por uma equipe do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) com um motor de carro roubado de um veículo oficial do Governo do Estado. A equipe flagrou os dois, um servente de pedreiro de 42 anos e um adolescente de 17 anos, levando o objeto nas costas e achou a atitude suspeita.

O flagrante aconteceu por volta das 23h em João Pessoa. Segundo informações do 1º Batalhão da Polícia Militar, o motor foi roubado da Gerência de Controle de Veículos e pertencia a uma Ranger.

Os suspeitos confessaram o crime e informaram a polícia que iam vender o motor na feira de troca por aproximadamente R$ 200. No entanto, a Polícia Civil vai investigar se houve encomenda da mercadoria.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia da Infância e Juventude e o outro suspeito para a 1ª Delegacia Distrital, em Cruz das Armas. Depois de passar pela Central de Polícia, ele deve ficar detido no Presídio do Roger.

G1PB

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Quadrilha explode agência do BB, mas foge sem dinheiro

Bomba_chiando.jpg

Oito homens fortemente armados tentaram invadir a agência do Banco do Brasil da cidade de Serra Redonda, no Agreste do Estado.

De acordo com informações da polícia, o crime foi registrado por volta das 2h da madrugada deste domingo (2). Os bandidos ainda conseguiram explodir a porta da frente do banco, mas o alarme disparou.

A quadrilha fugiu em dois carros com destino a Campina Grande.

A polícia ainda realizou rondas pelas cidades vizinhas, porém, ninguém foi preso.

Portal Correio

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Jovem de 22 anos fica preso nas ferragens de carro após grave acidente na BR 230 no Sertão

bombeiros_resgate_br230.jpg

Um véiculo tipo Strada, conduzido pelo cidadão Lênio da Silva Bezerra, 22 anos, residente no bairro Vida Nova, Pombal, colidiu na madrugada de Domingo (02), com um poste nas imediações da BR 230 e capotou, no sentido Pombal à cidade de Patos, nas proximidades da linha férrea.

O Corpo de Bombeiros da cidade de Sousa fazia uma prevenção na Festa do Rosário, em Pombal, quando foi acionado para um acidente no local citado, ao chegar a guarnição se deparou com o Samu que tentava socorrer o jovem, este encontrava-se preso às ferragens.

Uma nova guarnição da cidade de Sousa foi acionada, a de Auto Busca e Salvamento (ABS-21) que se deslocou com o equipamento "desencarcerador", e em alguns minutos chegou àquela cidade, com o equipamento os bombeiros conseguiram retirar com êxito a vítima das ferragens que foi entregue ao Samu e posteriormente conduzida imediatamente ao Hospital Regional da cidade de Patos.

FOLHADOSERTAO com Corpo de Bombeiros de Sousa

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

Jovem é flagrado realizando atos libidinosos em veiculo no Jardim Sorrilândia dentro de veiculo em Sousa

rondas_online.jpg

Durante realização de Rondas Noturnas pelo Jardim Sorrilândia na cidade de Sousa, por volta das 23:30h, a Guarnição da Polícia Militar se deparou com uma veículo estacionando, e no seu interior um casal que estaria, possivelmente fazendo atos libidinosos.
Quando na abordagem, foram pedidos os documentos de porte obrigatórios ao condutor, Luiz Henrique Leite Soares, solteiro, estudante, 18 anos, o mesmo informou que não os tinha.
O condutor e o veículo foram levados até a Delegacia de Sousa para os procedimentos cabíveis.

Redação
Folhadosertao


images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro

MPF emite nota sobre conflito indígena em Rio Tinto

noticias_9996da637df58c68faba.jpg

Potiguaras têm posse de Monte-Mor reconhecida e protegida, desde 14/12/2007, pela Portaria Nº 2.135 do Ministério da Justiça

Nota na íntegra:

Considerando notícias publicadas na imprensa, descrevendo, de forma unilateral (sem a recomendável consulta ao outro lado, no caso, os indígenas e a Funai) a "invasão ilegal" de propriedades por indígenas, em Rio Tinto, o Ministério Público Federal vem apresentar ao público os seguintes esclarecimentos.

1 – As fazendas de cana-de-açúcar supostamente invadidas por indígenas encontram-se dentro da Terra Indígena Potiguara de Monte-Mor, de propriedade da União Federal, e cuja posse indígena já se encontra legalmente reconhecida e protegida desde 14 de dezembro de 2007, quando foi editado o Ato Declaratório de Posse Permanente Indígena pela Portaria nº 2.135, do Ministério da Justiça.

2 – Em julho de 2011, o Tribunal Regional Federal da 5a. Região derrubou liminar que permitia aos ocupantes não indígenas – a Destilaria Miriri e arrendatários desta – continuarem a explorar economicamente a área.

3 – Em agosto de 2011, foi concedida pelo Juízo Estadual da Vara de Rio Tinto, de forma unilateral, sem oitiva dos réus, nem da Funai, liminar para desocupação de indígenas da Terra Indígena de Monte Mor. O Ministério Público Federal sustenta que tal decisão é ilegal, pois afronta não só a indiscutível competência da Justiça Federal para decidir sobre disputas relativas a direitos indígenas (art. 109, XI, C.F.), mas também, por via oblíqua, a própria competência do Superior Tribunal de Justiça, por se tratar de ato de Ministro de Estado.

4 – Tomando conhecimento de que o Juízo de Rio Tinto, após intervenção da Funai, já havia determinado a remessa dos autos à Justiça Federal, o Ministério Público Federal recomendou à Secretaria de Segurança que se abstivesse de adotar medidas destinadas à expulsão dos indígenas, até que a justiça competente reapreciasse a liminar concedida. Isto com a finalidade de evitar um conflito desnecessário e de proporções incontroláveis, já que em todas as ações possessórias oriundas da Vara de Rio Tinto, a Justiça Federal tem, invariavelmente, extinto os processos por impossibilidade jurídica do pedido.

5 – O Ministério Público Federal entende que ilegalidade e agressão, no caso, é cometida pelos ocupantes que insistem em expulsar indígenas de uma terra que lhes pertence. E reafirma que continuará envidando esforços para que prevaleça a paz na região, que passa, necessariamente, pelo respeito à competência absoluta da Justiça Federal para conhecer demandas sobre direitos indígenas, e aos direitos reconhecidos aos índios pela Constituição.

6 – Enfim, o Ministério Público Federal exorta os órgãos da imprensa a cumprirem com seu papel social, buscando a verdade mediante consulta a todas as partes envolvidas na questão, e não somente aos ocupantes ilegítimos não indígenas.

Duciran Van Marsen Farena
Procurador da República

Ascom

images?q=tbn:ANd9GcRpNUetNstJAGm2AM5Bhz85_MFZAhF0MXwz9aTNvCeetUBNwYJ2Siga-nos no Twitter Follow @joaoesocorro